Estamos em plena época desta maravilha que é o pinhão, a semente da Araucária, nosso pinheiro. Começando no fim de abril e durando até final de junho, esta semente faz a festa aqui pelo sul do Brasil.

Além de cozido ou assado, para comer sozinho, com um  pouquinho de sal, o pinhão se presta a várias preparações. Uma das preferidas por aqui é a farofa. Ideal para acompanhar carnes, farofa de pinhão é um prato para comer ao menos uma vez por ano. Ela aparece em várias versões. Algumas levam carne, outras ovos e outras, banana.

Eu prefiro ela mais simples. Bacon e pimentão, dois ingredientes que casam bem demais com o sabor levemente adocicado do pinhão, dão a base para esta farofinha. O mais é paciência para descascar os pinhões e uma bela farinha de mandioca, apenas para  dar a consistência de farofa.

Ingredientes

  • 500 g Pinhão
  • 100 g farinha de mandioca
  • 100 g em cubos pimentão amarelo
  • 50 g em tirinhas bem finas bacon
  • 1 bem picada cebola
  • 1 colher sopa banha de porco
  • 1 colher sopa(salsa e cebolinha) cheiro verde
  • a gosto sal

Instruções

  1. Cozinhe o pinhão e descasque (existe um acessório próprio para isto, caso não possua, use uma faca). Com um mixer, processe deixando pedaços não muito pequenos.
  2. Aqueça uma frigideira funda e derreta a banha. Coloque o bacon e deixe fritar. Junte a cebola e refogue por 1 minuto. Adicione o pimentão e o pinhão. Cozinhe por 3 minutos e ponha a farinha de mandioca. Deixe refogando por mais 3 minutos, mexendo sempre.
  3. Tempere com o sal e junte o cheiro-verde. Misture tudo muito bem e sirva acompanhando carnes.
  4. Uma bela maneira de saborear pinhão. Vamos aproveitar a época.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu