Notas Amorosas de Um Jantar-Dançante

Deliciosas e emocionantes crônicas da querida Fal Azevedo

30 de novembro de 2017

Chegou – Fal Azevedo

Chegou Chegou. Não. Não chegou. Vou olhar só mais uma vez esta noite e depois juro por Deus e pela cabeça do meu avô mortinho de […]
28 de novembro de 2017

Amor – Fal Azevedo

Amor – Pelo amor de Deus, o que é isso? – Isso o quê? – Isso que você está vestindo. – Camisa, calça. – Fabia, essa […]
24 de novembro de 2017

As boas histórias – Fal Azevedo

As boas histórias Que as boas histórias nos vejam e nos escolham. Que as boas histórias nos assombrem e nos guardem, que elas fiquem. Que elas […]
17 de novembro de 2017

Marina – Fal Azevedo

Marina O açúcar acabou, são quase oito horas e a empregada está de mau humor. Em cima da mesa, vê a lancheira do menor. Liga pro […]
14 de novembro de 2017

Otávia – Fal Azevedo

A pele do dorso da mão dele encosta na dela na porta do bar. Ele no banco da frente, tão longe. Escolha dele, ela deveria mesmo […]
9 de novembro de 2017

A volta triunfante do Querido Diário – Fal Azevedo

Anota aí, querido diário: a vida se encarrega de dar novos e mais iluminados sentidos para a expressão “se arrependimento matasse…”. * A literalidade das pessoas tem me […]
7 de novembro de 2017

Telinha, minha canoa – Fal Azevedo

Telinha, minha canoa:  Churro recheado comido de pé na praça, raspadinha de framboesa, polvo ao vinagrete, bolo de fubá (finalmente me entendi com esse forno), risoto […]
3 de novembro de 2017

Juliana

Às vezes, ela sonha com ele. Sonha que ele coloca os braços em volta dela e ela sente a pele dele e a respiração, o cheiro. […]
31 de outubro de 2017

Sandro – (Fal Azevedo)

Sandro Ele odeia a mãe dele. Odeia. Descobriu isso há muito tempo e, claro, não contou a ninguém. Na verdade, ele acha que, de alguma forma, […]