Tainha Recheada com Farofa de Ovas

Carne de onça
19 de agosto de 2014
Sopa de Limão (Avgolemono) – Paulo Zanatta
21 de agosto de 2014
Mostrar todos

Esta matéria estava em emus planos há anos. Um dos pratos mais tradicionais da região sul do Brasil tinha de estar aqui no OBA Gastronomia. Estava mais que na hora de consertar este lapso.

Tainha 2

Entre os dias 15 de maio e 30 de julho, os pescadores artesanais de Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro concentram-se na captura de tainhas. É o período que, aproveitando as correntes de água fria provenientes da Antártida, cardumes deste peixe sobem as regiões sul e sudeste do Brasil, atá a altura de Cabo Frio, para a reprodução e desova.

Nesta época, as praias ficam em festa quando um cardume é localizado. “Olheiros” ficam em um lugar mais alto, com uma visão bem ampla e dão o alarme para os pescadores. É a hora de colocar suas canoas a remo no mar e cercar os cardumes com grandes redes. Quando chegam, um grande arrastão é feito na praia com a ajuda de pessoas da comunidade e o mar fervilha de tainhas. A recompensa para quem auxiliou é um ou dois belos espécimes. Estes arrastões são feitos a um máximo de 800 metros da praia, região em que a pesca é permitida. A partir de 5 milhas dali, a pesca é praticada com embarcações industriais.

A tainha é um dos mais importantes recursos para os pescadores destes estados. A carne do peixe é distribuída apenas no mercado interno. O principal vem das ovas. Atualmente elas são importadas para Taiwan, França, Itália, Japão e Grécia, entre outros.

Ovas da tainha

Ovas da tainha

A partir destas ovas, uma das iguarias mais apreciadas na gastronomia, a bottarga, é produzida. No Brasil, a Bottarga Gold começou a produção deste ingrediente tão especial, também, não deixando o “mignon da tainha” apenas para estrangeiro ver.

A Tainha Recheada que trago hoje é preparada com ovas. Existem outras versões, como com farofa de camarão, mas eu considero esta a mais autêntica. Quem aprecia peixes com sabores acentuados vai amar esta receita.

Tainha Recheada com Farofa de Ovas

por 20 de agosto de 2014

  • Tempo de Preparo : 20 minutes
  • Tempo de Forno : 40 minutes
  • Porções : 8 pessoas

Ingredientes

Modo de Preparo

Certifique-se de limpar bem a parte de dentro da tainha, retirando qualquer resquício de pele e gordura internas, deixando bem branquinha. Misture o limão e o sal e passe em todo o peixe, inclusive na parte de dentro. Cubra com papel alumínio e deixa descansar na geladeira de um dia para o outro.

Recheio

Descasque e pique as ovas. Misture com o ovo cozido. Junte a salsinha, o tomate e as azeitonas. Vá acrescentando farinha de mandioca aos poucos, até atingir a consistência de farinha desejada. Tempere com o sal.

Recheie o peixe com a farofa e costure-o ou feche com palitos. Enrole com papel alumínio untado com azeite de oliva e leve ao forno preaquecido em 180°. Deixe assar por 30 minutos. Abra o papel alumínio e termine de assar por mais 10 minutos.

Sirva com arroz branco.

Tainha 3

Print
Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: