O “Risoto” de Santa Felicidade

Santa Felicidade, o bairro italiano aqui de Curitiba, é famoso por seus pratos fartos, onde a galinha tem papel de destaque, acompanhada de polenta e salada de radite com bacon. A galinha aparece também guarnecendo arroz, chamado aqui de risoto, apesar de não ter relação com o original italiano.

Risoto Casagrande

Na chegada dos primeiros italianos em Curitiba, este foi um prato de resistência. Na falta do arroz apropriado para risoto, os imigrantes começaram a usar o normal. A mistura era feita com ingredientes baratos, como a galinha, criada nos quintais das casas.

Este hábito perdurou até nos dias de hoje. O risoto servido na maioria dos restaurantes de Santa Felicidade ainda leva estes ingredientes, simples e deliciosos, ganhando fãs de toda a parte, que pouco se importam se o arroz é o arbóreo ou outro específico para risotos. Querem o Risoto da Santa Felicidade, servido com toda a simpatia própria dos restaurantes deste bairro tão especial de Curitiba.

* Quando este risoto vem enriquecido com pinhão cozido ralado e pedaços de salame é chamado Risoto Casagrande. Costuma-se também adicionar ovos cozidos na hora de servir.

Risoto de Santa Felicidade

Tempo de Preparo 40 minutes
Cook Time 30 minutes
Tempo Total 1 hour 10 minutes
Porções 6 pessoas

Ingredientes

  • 1 Kg Arroz
  • 1 unidade com miúdos separados Galinha (de preferência caipira)
  • 4 unidades Tomate em cubos sem pele e semente
  • 1 unidade picada e uma em quartos Cebola
  • 4 dentes grandes picados e 4 inteiros Alho
  • À gosto Salsinha picada
  • 2 colheres sopa Queijo Parmesão ralado
  • 1 colher sopa Óleo de girassol

Instruções

  1. Limpe os miúdos da galinha, retirando todas as películas aderentes. Pique e frite em um pouco de óleo. Reserve.
  2. Em uma panela funda, coloque a galinha, os tomates, a cebola em quartos e os dentes de alho inteiro. Cubra com água e cozinhe até a galinha estar macia. Retire a ave e coe este caldo. Desfie e galinha.
  3. Em outra panela funda, refogue o arroz com o alho e a cebola. Vá colocando o caldo aos poucos, mexendo com uma colher de pau. Quando o arroz começar a cozinhar, adicione a galinha e o restante dos ingredientes (inclusive os miúdos), menos o queijo ralado. Coloque o caldo que restar e deixe acabar o cozimento, mexendo constantemente. Deverá ficar bem úmido.
  4. Na hora de servir, polvilhe o queijo ralado.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem 2 comentários

  1. Quando vc diz “de Santa felicidade” vc não está remetendo ao risoto dos restaurantes de Santa Felicidade não é mesmo? Até porque se estiver sinto lhe informar mas essa receita não tem nada, absolutamente nada sequer proximo ao risoto dos restaurantes de lá.
    P.S. Sou nascido e criado no bairro.

    1. Caro Leo,
      Esteja à vontade para passar a “sua receita” de Risoto dos restaurantes de Santa Felicidade.
      Um abraço!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu