O melhor Sanduíche de Pernil

Veggie Box
Uma caixa diferente: Veggie Box
3 de agosto de 2015
Crème Brulèe de Abóbora – Caipira chic
5 de agosto de 2015
Mostrar todos

Fazer pernil assado aqui em casa significa uma dupla alegria: no mesmo dia e nos dias posteriores, com a carne recheando pães fresquinhos, em sanduíches dos mais variados, desde mais simples até mais “gourmetizados”. Isto já virou uma tradição, tanto que calculamos o tamanho da peça de pernil já contando com  mais uns três dias de sanduíches.

Se fosse para escolher um sanduíche típico de Curitiba, o de pernil teria meu voto. Desde que o Pernil com Verde começou a ser vendido a mais de oitenta anos na Rua XV de Novembro, através de dois bares que até hoje brigam pela sua autoria (o Bar Mignon e o Triângulo), este sanduíche criou seu espaço na história da Gastronomia curitibana. É quase impossível eu ir até o centro e não sentar no Bar Mignon e degustar um Marchand Pernil.

O Sanduíche de Pernil popularizou-se pela cidade e hoje um grande número de bares criaram suas versões, sendo que até um festival em sua homenagem é organizado de tempos em tempos. A receita que trago hoje para vocês foi do sanduíche que preparei com a sobra do último pernil feito aqui em meu espaço. Posso dizer, sem medo de errar, que foi o melhor que já preparei. Um sanduíche para comer rezando.

Sanduíche de permil

O segredo para ter ficado tão irresistível é um: todas as vezes que preparo carne grelhada ou assada, deglaceio a panela ou a forma que estou usando. Isto é feito colocando um líquido frio na panela ainda quente e raspando bem o fundo, retirando todos os sucos encrustados. Quase sempre eu utilizo vinho branco ou tinto. Este molho precioso pode ser usado no mesmo dia ou guardado em geladeira por até uma semana. Isto fará uma diferença gigantesca no resultado final.

Sanduíche de pernil 1

Sanduíche de Pernil com Cogumelos

por 4 de agosto de 2015

  • Tempo de Preparo : 10 minutes
  • Tempo de Forno : 10 minutes
  • Porções : 1 pessoa

Ingredientes

Modo de Preparo

Pique os cogumelos. Aqueça uma frigideira e coloque a manteiga. Junte os cogumelos e refogue por 4 minutos. Tempere com o sal e a pimenta e reserve.

Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque um fio de óleo. Junte a carne e deixe até esquentar bem. Coloque o molho da carne e misture bem, para os sabores se mesclarem. Desligue o fogo.

Abra o pão ao meio e coloque o tomate, a alface o pernil. Derreta as fatias de provolone e ajeite por cima do pernil. Complete com o refogado de cogulemos e sirva acompanhado de mostarda, maionese e catchup.

Print
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *