Prima da alemã Hackepetter, a Carne de Onça surgiu na cidade de Curitiba na década de 50. Para alguns, na Toca do Tatu, bar que pertenceu a Cristiano Schmidt, diretor do Britânia, um clube de futebol da cidade. para outros, no Embaixador, cujo proprietário Leonardo “Onha” Werzbitzki preparava a receita para os frequentadores.

Seja onde quer que tenha nascido, Carne de Onça caiu no gosto dos curitibanos e hoje é Patrimônio Cultural da cidade. A versão mais aceita sobre a origem de seu nome é o hálito que ela deixa, o famoso bafo de onça. Passarei aqui a receita que eu preparo. Hoje tem muitas versões da carne de onça, mas todas mantém a base carne moída crua/broa/cebola/cebolinha/azeite e sal.

Acompanhe a montagem:

 

Carne de Onça

por 27 de julho de 2020

Tempo de Preparo : 10 minutes. Porções : 2 pessoas

Ingredientes

Modo de Preparo

Opte por carne moída na hora. Caso não seja possível, retire da geladeira e deixe ficar na temperatura ambiente. Misture a carne com a gema de ovo e o conhaque. Espalhe palas fatias de broa e regue com o suco de limão. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Cubra cada fatia com a ciboulette e depois com a cebola roxa picada. Adicione mais sal e pimenta e sirva acompanhado de mostarda escura e molho de pimenta.

 

Print

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu