Paleta de Carneiro assada

Pão Cheio Mineiro
4 de julho de 2011
Chocolate
6 de julho de 2011
Mostrar todos

Segunda-feira especial.

Um jantar especial em uma segunda-feira gelada em Curitiba é sempre bem vindo.

Meu irmão, Romulo Baumel, é um anfitrião de primeira, além de expert em carnes assadas, seja em churrasqueirs ou em fogões. O prato da vez foi uma paleta de carneiro, marinada e assada lentamente no forno.

Um prato simples e delicioso, digno de um almoço dominical. Você pode usar as ervas de sua preferência. A receita que passarei aqui ( de meu irmão) serve apenas como guia. Usando a imaginação, dá para criar sabores dos mais inusitados.

Para este prato, você vai precisar de uma paleta de carneiro de aproximante 1,5 Kg. Depois de limpa, leve para uma bandeja funda e cubra com uma marinada preparada  com sal, pimenta-do-reino, alho esmagado, alecrim, mangerona, tomilho e vinho. As ervas devem ser frescas.A quantidade vai depender de seu gosto, mas sempre com parcimônia, principalmente com ervas mais fortes, como o alecrim.

Deixe a paleta nesta marinada por um mínimo de 6 horas,  virando na metade do tempo.

Em uma forma, despeje o líquido da marinada;  embrulhe a paleta em papel alumínio e leve para assar em forno pré-aquecido na temperatura 3, por 2 horas. Ao fim deste tempo, retire o papel alumínio e retorne ao forno, agora em fogo forte, por mais 30 minutos.

Retire o líquido, leve para uma panela e aqueça até engrossar levemente. Caso queira adicionar um sabor a mais ao molho, tente misturar mostarda ou mel. O sabor fica muito bom.

Sirva a paleta com o molho a parte. Esta recebeu a companhia de um Risoto de Cogumelos, feito por minha cunhada Leila Scheffer, cuja receita em breve estará por aqui.

Segunda-feira especial, em boa companhia e com excelente comida. Dá até para esquecer o frio.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: