Batata sanfonada.

Se você pegar qualquer livro de receitas mais engajado (digo mais profissional), verá que dois ingredientes merecem capítulos a parte: batatas e ovos. Dois ingredientes que pela versatilidade e imaginário de cozinheiros malucos, abrem um leque inimaginável de opções de apresentações. E cada dia que passa novas receitas surgem, fazendo com que ovos e batatas estejam sempre na onda.

Claro que dentre tantas receitas assim, algumas levarão o nome de seu criador, dado aliás pelo próprio, cuja humildade precedeu a fama. Outros, mais pensando em seu emprego, batizam os pratos com o nome do restaurante que trabalham. Mais confortável, humilde e funciona como, digamos assim, um afago no dono. Afinal, sempre terá o Sous-Chef e aquele auxiliar espreitando a vaga.

Estas batatas foram criadas em Estocolmo, no Restaurante Hasselback, por alguém que optou pelo anonimato ao invés do estrelato (sabe-se lá o nome do Chef). Com o nome pomposo de Hasselbackpotatis, é uma batata que merece ser feita em casa. Além da bela apresentação, o sabor é fantástico. Um pouco de paciência e você surpreenderá seus alegres convidados.

INGREDIENTES
2 batatas médias
Fatias finas de alho
Manteiga
Flor de sal de Guèrande (pode usar sal grosso)
Queijo Parmezão ralado

PREPARO

Faça cortes transversais na batata, na menor espessura que conseguir, sem chegar ao fim. Com o auxílio de uma faquinha pequena, introduza as fatias de alho no meio da cada fatia. Coloque uma porção de manteiga em cada batata, embrulhe em papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido. Deixe assar por 30 minutos.

Retire as batatas do papel alumínio e coloque mais manteiga por cima. Polvilhe com o queijo e retorne ao forno por mais 10 minutos, até gratinar. Retire e salpique com a Flor de Sal.

Sirva como guarnição de um assado. Eu usei acompanhando um belo rosbife de contrafilé com farofa e arroz branco.

Uma bela sugestão e ainda em tempo para seu almoço de domingo.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem 6 comentários

  1. Farei essa receita com certeza! Podemos até colocar bacon, se gostar!!! água na boca rs

    beijãozão *

  2. Costumo fazer no micro-ondas e fica pronto rapidinho. Uso várias especiarias e fica muito bom. Também coloco um palito de churrasquinho atravessado embaixo, pra evitar quebrar e facilita bem.
    Já publiquei esse prato há um bom tempo e adoro.
    A questão da batata é bem lembrada, pois sempre gera mil e um pratos ótimos. Hoje fiz papas a la huancaína, prato peruano com… batatas, claro!
    Um abraço.

  3. Boa!!!

  4. HASSELBACKEN é atualmente um hotel em Estocolmo, na Suécia, o nome significa Comadre Hazel, teve vários nomes desde o séc.18, uma casa de campo no estilo Gustaviano e iniciou com apenas 5 mesas e 20 cadeiras à época, aberto ao público com o nome Restaurang Hasselbacken;

    A batata HASSELBACK, é o estilo escandinavo de comê-la, cozida em água com sal e após passa-se manteiga nas laminas fatiadas e foi inserida no cardápio por tradição, por isso não há um criador, no caso leva o nome de Hasselback (volte a Hazel), como tantas outras iguarias dos restaurantes e bares suecos.

    O nome atual do estabelecimento é Restaurang Hasselbacken Hotell Bar, o Restaurang Hasselbacken, serve um menu variado: café da manhã, brunch, almoço, jantar, ceia (lanche noturno), como ceias de festas de final de ano.

    A Batata HASSELBACK, é oferecida da seguinte forma no Cardápio, é o nº de pedido 295 (pratos de verão):

    Além da batata, é servida com carne no corte entrecote (bezerro), pãezinhos, pinhões, vinagre de limão e alho; queijo de cabra.

    Site – http://www.restauranghasselbacken.com/

    ** somos de descendência escandinava (dinamarquesa e sueca).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu