Mal acaba o Natal e já começamos a pensar no cardápio do Reveillon. Uma semana parece pouco para imaginar alguma coisa que surpreenda seus convidados, um detalhe diferente, uma maneira nova de apresentar os pratos tradicionais de fim de ano. E convenhamos que uma das coisas mais presentes nas mesas dos dias 31 e 1 é uma saborosa farofa. Porque não “gourmetizar” um pouco este prato tão simples e delicioso?

Farofa de couscous

A sugestão que trago no OBA Gastronomia de hoje é substituir a tradicional farinha de mandioca da farofa por couscous marroquino. Simples da mesma forma e que dará um toque todo especial em sua mesa. O pistache pode até ser opcional ou substituído por amêndoas ou outra castanha de sua preferência, mas fará toda a diferença.

Farofa de couscous 1

Farofa de Couscous Marroquino e Pistache

Tempo de Preparo 10 minutes
Cook Time 10 minutes
Tempo Total 20 minutes
Porções 6 pessoas

Ingredientes

  • 250 g Couscous marroquino
  • 80 g Pistaches descascados
  • 1/2 unidade Pimentão verde em cubinhos
  • 1/2 unidade Pimentão vermelho em cubinhos
  • 80 g Bacon em cubinhos
  • 1 unidade pequena Cebola picada
  • À gosto Cheiro-verde salsa e cebolinha picado
  • À gosto Sal
  • 2 1/2 colher sopa Manteiga

Instruções

  1. Hidratar o couscous com água fervente salgada por 5 minutos na proporção de 1 de couscous para 1,2 de água. Separar os grãos com um garfo.
  2. Aquecer uma frigideira funda e colocar 1/2 colher (sopa) de manteiga. Adicionar o bacon e deixar até dourar. Retirar com uma escumadeira e deixar escorrer em papel toalha.
  3. Na mesma frigideira, colocar o restante de manteiga e a cebola. Refogar por 1 minuto e juntar o pimentão. Cozinhar por mais 3 minutos e adicionar os pistaches e o cheiro-verde. Deixar aquecer e acrescentar o couscous. Misturar bem, temperar  com o sal e servir.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu