Homus, a deliciosa pasta de grão-de-bico de origem árabe, é igual em qualquer lugar do mundo, até alguém inventar de dar um toque diferente. Claro que alguns mais puristas irão até se rebelar, mas algumas inovações, mesmo que pequenas, são geniais. Esta maneira de servir homus é uma delas.

Em uma viagem que fiz no mês de maio para a Flórida, experimentei o homus da Books&Books da Lincoln Road, em Miami. Na verdade, foi a primeira coisa que comi quando cheguei. De tão gostoso que estava, tive de voltar em outro dia. Como disse, o homus é igual, mas servido com uma  pitada de páprica picante, azeitonas e com um fio de azeite por cima. Até aí, tudo bem. O homus é normalmente servido com pão árabe, porém na Books&Books o pão que acompanha é um pão de fermentação natural, rústico e levemente tostado por fora. Indescritível.

A partir daquele dia, minha maneira de servir homus deixou de ser a original para torna-se a do Books&Books. Nas pesquisas sobre o pão que utilizam lá, descobri que é da Zak The Baker, uma padaria situada em Wynwood Art District, outro lugar genial de Miami. Por aqui, também utilizo pão de fermentação natural levemente tostado. Este que utilizei é um Pão com Super Sementes da Miolo de Pão. Não fica devendo nada ao que comi por lá.

Quando vocês forem deliciar-se com homus, tentem provar servido desta maneira. Pode parecer heresia, mas o resultado é fantástico. De minha parte, sempre servirei assim. Deixo o pão árabe para o quibe cru.

Aprendam a receita de Homus.

 

 

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu