Feijão como gosto.

Acerola
27 de junho de 2011
Feijão-tropeiro
29 de junho de 2011
Mostrar todos

O mais brasileiro dos ingredientes.

Feijão é uma unanimidade nacional.

Acho que não existe comida que mais represente a mesa dos brasileiros, desde o mais humilde até os mais abastados. Fazendo par com seu companheiro inseparável,  o arroz, é a presença mais constante nos almoço tupiniquins.

Seja na forma tradicional ou em outras preparações (e como existe), feijão é o ícone da gastronomia brasileira. Nosso prato nacional mais típico, a feijoada, é a prova disto.

Da família das leguminosas, é encontrado em diversas variedades, sendo o preto, o mulatinho, o roxinho e o rosinha os mais comuns.

A forma de preparo tradicional (cozido) é quase invariável, apesar de todo mundo ter seu segredinho. Eu considero que um feijão novo, o uso de água mineral no preparo, o refogado de alho feito com banha de porco e um pedaço de courinho de bacon durante o cozimento produz o melhor resultado.

Preparo na panela de pressão e depois apuro em panela de barro. Uma linguicinha calabresa ou paio, ou mesmo uma carne de porco salgada ou defumada, completa a receita.

Aqui, utilizei feijão vermelho, uma questão de gosto. Você pode utilizar o de sua preferência.

INGREDIENTES (12 pessoas)

500 g de feijão de sua preferência

1,5 litros de água mineral sem gás

1 pedaço de couro de bacon

1 folha de louro

2 dentes de alho grandes, bem picadinhos

2 colheres (sopa) de banha de porco

1 fio de óleo

1 gota de molho de pimenta Tabasco

Sal à gosto

PREPARO

Coloque o feijão, a água, o couro de bacon, o óleo e o louro em uma panela de pressão. Deixe cozinhar por meia hora (contando depois que abrir pressão).

Em uma panela de barro, aqueça a banha e refogue o alho. Adicione uma concha do feijão com um pouco de seu caldo. Deixe apurar, amassando os grãos com uma colher de pau, e despeje o restante na panela. Mexa tudo muito bem. Tempere com o sal e a pimenta. Se for a opção, coloque pedaços de linguiça, carne de porco salgada ou defumada (previamente dessalgada) e deixe cozinhar junto.

Cozinhe  lentamente até o caldo engrossar. Sirva na própria panela.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *