O Maia Box do Mercado Municipal de Curitiba, lugar onde eu cozinho nas quartas e sextas, sempre oferece algo surpreendente, seja para os clientes ou seja para quem trabalha por lá. Foi o caso do Doce de Mamão Verde preparado pela Cleide, uma das colaboradoras da cozinha.

Paraibana, a Cleide um dia me perguntou se eu tinha mamão em casa, de preferência verde, pois deu uma “saudade arretada” do doce que ela comia em seu estado natal. Para sorte dela e nossa, eu tenho um mamoeiro aqui em casa, que nasceu por obra de algum passarinho, e levei algumas frutas para ela. As frutas viraram um belo doce distribuído para o pessoal da casa e para quem teve a sorte de estar almoçando por lá.

Ingredientes

1/2 Kg de mamão verde

1/2 Kg de açúcar

2 xícaras de água

1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio

10 florezinhas de cravo

1 pedaço de canela em pau

Preparo

Risque o mamão com um garfo e deixe descansar por 10 minutos (isto ajudará a eliminar o “leite” que sua casca possui). Descasque e corte em cubinhos. Aqueça água com o bicarbonato até ferver. Coloque o mamão de deixe cozinhar por 1 minuto. Retire e escorra a água. Em outra panela, coloque o mamão, o açúcar, o cravo e a canela e deixe cozinhar por 30 minutos, até formar uma calda leve. Deixe esfriar e guarde em vidros esterilizados.

Como fiquei animado, preparei o doce de mamão com outro corte tradicional, em fitas. Você deve proceder da mesma maneira, porém deixar a casca, cortar e fazer tiras finas com um mandolim. Enrole as tirinhas e prenda com palito. Na hora de levar para o vidro, retire e descarte os palitinhos. Este doce fica genial servido com queijo mineiro, já que é bem tradicional em Minas Gerais.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.