Molho Rôti – O molho do assado

Home / Receitas do OBA! / Técnicas e Bases / Bases de cozinha / Molho Rôti – O molho do assado

Provavelmente o Molho Rôti seja um dos mais antigos dentro da Gastronomia. Conta a história que ele surgiu na Grécia, quando os alimentos eram preparados em fogueiras. Um cozinheiro mais esperto percebeu que as carnes soltavam líquido e gordura em contato com o calor e resolveu aproveitar este suco. Depois, adicionou vinho e mais algumas ervas e deu origem a um dos molhos mais utilizados no mundo inteiro.

Roti 1

Apesar de poder ser usado sozinho, o Molho Rôti serve como base para outras preparações. Mais rápido e simples de preparar que o Demi Glace e o Espanhol, seus primos mais complexos, o Rôti acaba sendo uma boa opção para incrementar seus pratos de carne.

Fazendo uma busca pela Internet, vocês irão se deparar com variações nos ingredientes de Molho Rôti. Eu mesmo utilizei dois que não constam na receita original, uma Oignon Brule (cebola queimada) e cabos de cogumelos, que vou congelando para usos em caldos e ensopados. Deixei estes ingredientes como opcionais.

Outra dica interessante é fazer uma quantidade maior, já que demandará no mínimo 3 horas de tempo de preparo, e congelar em forminhas de gelo. Assim, sempre terá na mão quando precisar e na quantidade desejada.

Molho Rôti

por 1 de abril de 2016

Tempo de Preparo : 20 minutes. Tempo de Forno : 3h 00 min Porções : 2 litros

Ingredientes

Modo de Preparo

Prepare a Oignon Brule

Descasque e corte a cebola inteira ao meio e coloque em uma frigideira com um fio de óleo. Deixe até que ela queime. Isto não passará sabor ao molho e dará mais cor.

Prepare o Molho

Aqueça uma panela funda e coloque a manteiga. Adicione a carne e frite até que fique tostada. Acrescente a cenoura, o alho, as cebolas em rodelas e junte a farinha de trigo aos poucos. Refogue até que a farinha fique bem tostada.

Junte o tomate, o salsão em rodelas, o louro, os cravos, o extrato de tomate, talos de cogumelos, a oignon brule (se for o caso), o vinho e a água. Deixe cozinhar por 3 horas a partir do momento de ebulição. Retire do fogo e passe por uma peneira. Volte o caldo ao fogo e deixe até conseguir um molho espesso.

Roti 2

Print
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Exibindo 4 comentários
  • Joca 75
    reply

    Nunca tinha ouvido falar de molho rôti usando tomate. O clássico francês não leva tomate, muito menos extrato de tomate. Além disso, sem querer ser chato, o molho rôti pede que se use ossos. Pois do osso assado é que vai se desprender a gelatina que dará consistência correta de um rôti. É um molho que quando feito da maneira correta vai demorar umas 12 horas. No mais gostei da receita. Continue nessa

    • Orlando Baumel
      reply

      Caro Joca,
      Se fizer uma busca pela Internet irá se deparar com várias receitas de Molho Rôti. Na matéria, cito o molho como o Moho do Assado (como ele é também conhecido). As variações existem e são aceitas.

  • Gilberto Patrïcio
    reply

    Legal sua receita. Suas adaptações são de acordo com sua criatividade cozinhar é arte.

pingbacks / trackbacks

Comente