Faz um tempinho, eu ganhei uma muda de amora-do-mato, aquelas vermelhas tão comuns por aqui. Este começo de ano ela resolveu me presentear com uma “safra” fantástica e uma das melhores maneiras de consumi-las é em geleia.

A amora-vermelha é uma planta arbustiva e frutífera, e apesar de que muitos possam pensar de que se trata de uma planta nativa do Brasil, ela é na verdade oriunda da África, Ásia e Oceania. No Brasil, a espécie se naturalizou principalmente nos estados do sul e do sudeste, aparecendo como espontânea na borda de matas e florestas úmidas, em localidades com altitude moderada.

As folhas são pinadas, com sete folíolos ovados, acuminados, ásperos, membranáceos, com margens serrilhadas, pêlos glandulares e cor verde brilhante. Floresce e frutifica durante o outono e a primavera, despontando pequenas flores brancas e pentâmeras, nas axilas terminais. Os frutos são do tipo drupa apocárpica, pequenos, macios e vermelho brilhantes quando maduros. Eles são ocos, doces e levemente ácidos e podem ser consumidos in natura, ou na forma de doces, geléias, compotas, vinhos, licores, iogurtes, smoothies, recheios, pavlovas, sucos e sorvetes. Os frutinhos também são muito atrativos para os passarinhos.

Nomes Populares: Amora-vermelha, Framboesa-silvestre, Amora-do-mato, Moranguinho-silvestre, Moranguinho-do-mato, Framboesa-do-campo, Framboesa-vermelha, Amora-de-espinho, Moranguinho, Moranguinho-de-espinho, Morango-silvestre, Capinuríba, Amora-brava, Rosa-canina, Rosa-selvagem (Fonte: Jardineiro.Net)

Geleia de Amora-do-Mato

Ingredientes:

300 g de amora-do-mato

2/3 xícara de açúcar cristal

Suco de 1 limão

1 copo de água

Preparo:

Coloque todos os ingredientes em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo alto, mexendo ocasionalmente. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos, até atingir a consistência de geleia. Guarde em pote de vidro esterilizado na geladeira.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.