Crônicas da Fal Azevedo

14 de agosto de 2017

Da Dieta de Maximus – Fal Azevedo

Nossa querida Fal Azevedo ataca novamente aqui no OBA Gastronomia. Agora com sua nova criação, Maximus, o Monstro. Os melhores e mais deliciosos pratos a serem […]
9 de novembro de 2017

A volta triunfante do Querido Diário – Fal Azevedo

Anota aí, querido diário: a vida se encarrega de dar novos e mais iluminados sentidos para a expressão “se arrependimento matasse…”. * A literalidade das pessoas tem me […]
14 de novembro de 2017

Otávia – Fal Azevedo

A pele do dorso da mão dele encosta na dela na porta do bar. Ele no banco da frente, tão longe. Escolha dele, ela deveria mesmo […]
24 de novembro de 2017

As boas histórias – Fal Azevedo

As boas histórias Que as boas histórias nos vejam e nos escolham. Que as boas histórias nos assombrem e nos guardem, que elas fiquem. Que elas […]
28 de novembro de 2017

Amor – Fal Azevedo

Amor – Pelo amor de Deus, o que é isso? – Isso o quê? – Isso que você está vestindo. – Camisa, calça. – Fabia, essa […]
30 de novembro de 2017

Chegou – Fal Azevedo

Chegou Chegou. Não. Não chegou. Vou olhar só mais uma vez esta noite e depois juro por Deus e pela cabeça do meu avô mortinho de […]
20 de dezembro de 2017

Renata – Fal Azevedo

Renata  São seis horas e ele não vai ligar. Renata sabe que ele não vai ligar. Já nasceu sabendo. São seis horas e doze minutos. Ele […]
26 de dezembro de 2017

As novas aventuras do Querido Diário – Fal Azevedo

Tinta verde Querido diário. Saí usando sapatilhas de lacinhos. Aprendi, de novo, que quando a gente está morto de pressa, o mundo está relax e não […]
4 de janeiro de 2018

Sandro – Fal Azevedo

Ele odeia a mãe dele. Odeia. Descobriu isso há muito tempo e, claro, não contou a ninguém. Na verdade, ele acha que, de alguma forma, sempre […]