Pernil de Porco Assado

Pernil de Porco.

pernil de porco assado

Hoje o Oba traz uma receita festiva.

Pernil e paleta, respectivamente as pernas traseiras e dianteiras de porcos, cordeiros, javalis e outros animais, são considerados partes nobres, próprias para assar.

Podem ser preparadas com ou sem osso, enroladas ou não e com ou sem recheio. A técnica é a mesma. O que varia é o tempo de cozimento.

A carne de porco deve ficar bem passada, com a temperatura em seu interior em torno de 80° C. Para isto, é útil um termômetro para carnes (veja AQUI).

Comece assando com o forno a 230° C por 10 minutos. Baixe para 180° C e siga a tabela.

PEÇAS COM OSSO: 30 minutos para cada 450 g, mais 30 minutos adicionais.

PEÇAS SEM OSSO: 35 minutos para cada 450 g, mais 35 minutos adicionais.

Nesta receita, feita para um almoço de aniversário, utilizei pernil sem a pele. Caso você queira preparar à pururuca, peça para seu açougueiro não retirar a pele e  não molhe a peça durante o cozimento.

 

Pernil de Porco Assado

Porções 10 pessoas

Ingredientes

  • 1 unidade com 4 5 Kg, sem a pele pernil de porco
  • 3 unidades em quartos cebolas
  • 6 unidades amassados dentes de alho
  • 300 ml vinho branco seco
  • 150 ml azeite de oliva extravirgem
  • Folhas de alecrim
  • a gosto Sal e Pimenta-do-reino

Instruções

  1. Com o auxílio de uma faca, perfure a carne profundamente.
  2. Em uma assadeira, misture todos os demais ingredientes. Coloque o pernil e envolva com este tempero. Deixe marinar por 24 horas.
  3. Pré-aqueça o forno a 230° C. Arrume o pernil em cima de uma grelha, deixando a forma com a marinada embaixo. Coloque no forno e asse por 10 minutos. Abaixe o fogo para 180° C e deixe por mais 5 horas e meia, regando a peça com o caldo da assadeira de 30 em 30 minutos. Teste a temperatura da carne, introduzindo o termômetro até o centro, sem encostar no osso. Deve estar em torno de 80° C.
  4. À medida que o líquido da assadeira for secando, vá adicionando água. É importante sempre ir regando a carne com o tempero. Isto deixará a carne mais úmida e com um sabor mais pronunciado.
  5. Após este longo tempo, a carne estará dourada, tenra,  úmida e pronta para ser consumida.
  6. Sirva com o acompanhamento de sua preferência. Batatas assadas, arroz com legumes, uma bela farofa são algumas opções sempre bem vindas.
  7. Ou, simplesmente faça como fiz: fatiada fina, servida em uma tábua, com pãezinhos e molhos. Ideal para passar horas agradáveis, na companhia de boas pessoas, comemorando qualquer coisa que mereça.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem 6 comentários

  1. Orlandinho!
    Esse seu pernil assado estava muito saboroso, molhadinho, tenro, com um tempero suave porém marcante. Maravilhoso!
    Adorei!

  2. exelente receita

    1. Que bom que gostou Cleo, ficamos muito contentes quando nossos leitores conseguem fazer as receitas e achar que ficou tão gostoso como quando fazemos para vocês!

  3. Fiz e ficou perfeito,o meu foi feito com osso,suculento e o vinho faz a diferenca! Sucesso!
    ,

    1. Que legal Ricardo! Ficamos super contentes quando vocês voltam pra contar como foi a experiência!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu