Pernil de Porco Assado

La Pasta Gialla-Curitiba de casa nova
21 de março de 2010
Quiches
23 de março de 2010
Mostrar todos

Pernil de Porco.

pernil de porco assado

Hoje o Oba traz uma receita festiva.

Pernil e paleta, respectivamente as pernas traseiras e dianteiras de porcos, cordeiros, javalis e outros animais, são considerados partes nobres, próprias para assar.

Podem ser preparadas com ou sem osso, enroladas ou não e com ou sem recheio. A técnica é a mesma. O que varia é o tempo de cozimento.

A carne de porco deve ficar bem passada, com a temperatura em seu interior em torno de 80° C. Para isto, é útil um termômetro para carnes (veja AQUI).

Comece assando com o forno a 230° C por 10 minutos. Baixe para 180° C e siga a tabela.

PEÇAS COM OSSO: 30 minutos para cada 450 g, mais 30 minutos adicionais.

PEÇAS SEM OSSO: 35 minutos para cada 450 g, mais 35 minutos adicionais.

Nesta receita, feita para um almoço de aniversário, utilizei pernil sem a pele. Caso você queira preparar à pururuca, peça para seu açougueiro não retirar a pele e  não molhe a peça durante o cozimento.

Pernil de Porco Assado

por 22 de março de 2010

Porções : 10 pessoas

Ingredientes

Modo de Preparo

Com o auxílio de uma faca, perfure a carne profundamente.

Em uma assadeira, misture todos os demais ingredientes. Coloque o pernil e envolva com este tempero. Deixe marinar por 24 horas.

Pré-aqueça o forno a 230° C. Arrume o pernil em cima de uma grelha, deixando a forma com a marinada embaixo. Coloque no forno e asse por 10 minutos. Abaixe o fogo para 180° C e deixe por mais 5 horas e meia, regando a peça com o caldo da assadeira de 30 em 30 minutos. Teste a temperatura da carne, introduzindo o termômetro até o centro, sem encostar no osso. Deve estar em torno de 80° C.

DSC05364

À medida que o líquido da assadeira for secando, vá adicionando água. É importante sempre ir regando a carne com o tempero. Isto deixará a carne mais úmida e com um sabor mais pronunciado.

Após este longo tempo, a carne estará dourada, tenra,  úmida e pronta para ser consumida.

DSC05367

Sirva com o acompanhamento de sua preferência. Batatas assadas, arroz com legumes, uma bela farofa são algumas opções sempre bem vindas.

Ou, simplesmente faça como fiz: fatiada fina, servida em uma tábua, com pãezinhos e molhos. Ideal para passar horas agradáveis, na companhia de boas pessoas, comemorando qualquer coisa que mereça.

Print

 

 

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

6 Comentários

  1. Carolina disse:

    Orlandinho!
    Esse seu pernil assado estava muito saboroso, molhadinho, tenro, com um tempero suave porém marcante. Maravilhoso!
    Adorei!

  2. cleo disse:

    exelente receita

    • Carolina Figueiredo disse:

      Que bom que gostou Cleo, ficamos muito contentes quando nossos leitores conseguem fazer as receitas e achar que ficou tão gostoso como quando fazemos para vocês!

  3. Ricardo disse:

    Fiz e ficou perfeito,o meu foi feito com osso,suculento e o vinho faz a diferenca! Sucesso!
    ,

  4. […] como esta farofa de feijão-de-corda que trago para vocês hoje aproveitando uma sobra de pernil assado, fica […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.