Caranguejada

Pão de Batata e variações
3 de fevereiro de 2012
Vol-au-vent
5 de fevereiro de 2012
Mostrar todos

Ainda é tempo de aproveitar.

Ainda estamos na época de caranguejos aqui no sul do Brasil.

Estes bichinhos são uma ótima desculpa para reunir amigos e passar horas comendo a carne escondida em suas patas. Caranguejos são crustáceos com cinco pares de garras, que vivem em mangues no litoral. Sua carne branca e suave é uma delícia, utilizada em diversas preparações, desde pura até suflês.

Eu adoro cozinhá-los em água temperada. Uso cebola, um maço de cheiro-verde, tomates inteiros (opcional), sal e uma lata de cerveja. Quando compro caranguejos, peço para matá-los e retirar a carapaça. É um costume meu, não uma regra. A maioria das pessoas que conheço cozinha os caranguejos vivos.

Sirvo acompanhado de feijão, farinha de mandioca e um vinagrete simples, de tomate, cebola e cheiro-verde.

Retirar cada perninha, reservando a garra para o final, molhar no vinagrete e comer devagar, é uma das coisas mais gostosas do verão. É uma comida perfeita para confraternizações. Caipiras e cervejas  complementam esta delícia. O som das batidas dos martelinhos abrindo a garra grande para retirar o “mignon” destes bichinhos é música para a alma.

Chegar na garra - uma recompensa

Ainda dá tempo de aproveitar esta época gostosa de caranguejos. Um grande caldeirão e amigos ansiosos esperando a hora é um momento que fica guardado para sempre.

Aqui em casa, pelo menos uma Caranguejada é obrigatória por ano. E já estou pensando na próxima.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: