Sou um apaixonado por queijos, todos os tipos de queijos, com raras exceções. Tenho meus preferidos, como o Roquefort, o Gorgonzola, o maravilhoso Queijo da Serra da Estrela, os queijos nacionais artesanais, aqueles que sempre nos surpreendem, porém caso de amor eu tenho com um, a Burrata.

burrata é um queijo mozarela recheado com massa fresca de mozarela e creme de leite fermentado. “Burrata” se originou do termo italiano para “manteiga“, burro. É uma referência ao recheio cremoso da burrata. A burrata foi criada na região da Apúlia, na Itália, sendo originalmente produzida a partir de leite de búfala. No entanto, à medida em que a receita foi se espalhando pelo mundo, passou a ser utilizado, também, leite de vaca. A mozarela é moldada no formato de pequenas bolas através do processo conhecido como “filagem”. Então, as bolas são recheadas com creme de leite fermentado e massa fresca de mozarela. É um queijo de sabor suave e levemente ácido. Quando aquecido, derrete e forma pequenos fios. Combina bem com saladas,azeite, sanduíchespresunto de Parmarúcula e damasco. Pode ser servido como petisco. (Wikipedia)

Não existe como pensar em uma Burrata sozinho. É um queijo para ser dividido com quem se gosta, em um lugar bonito, em um dia bonito, um queijo para se comer sem pressa nenhuma, como deve ser tudo que nos faz feliz.

Burrata pode ser consumida quente ou fria. Quente, derretendo ainda mais, vai bem demais em pizzas, em algumas preparações com massa e até em sanduíches. Para mim, o ápice de uma Burrata é ela em seu estado puro, fria, acompanhada somente de um Molho Pesto, tomates cerejas e folhas de rúcula. Um belo pão de fermentação natural, aqueles que você assusta dando uma tostadinha na panela de ferro,  é imprescindível. Aí, é só montar o prato com a Burrata no centro, espalhar a rúcula e os tomatinhos em volta, derramar o Pesto em cima do queijo e dividir em dois para ver o creme escorrer deliciosamente. Pronto, aí a gente entende porque este queijo é um caso de amor. Nunca pensaremos em Burrara sozinho, sempre com quem nos faz feliz. Caso você ainda não tenha experimentado isto (a Burrata e o caso de amor), não espere mais. A vida é curta e temos a obrigação de torna-la feliz. Seja como e com quem for.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu