Pode parecer estranho um Molho Pesto sem o alho, mas esta receita eu peguei do excelente Sal, Gordura, Acidez e Calor, livro de Samin Nosrat, transformado pela Netflix em um documentário dividido em 4 capítulos. Lá, quem ensina esta delícia é uma senhora italiana da Ligúria. Vale a pena preparar. Claro que você pode colocar alho, mas se alguém não curte, experimente servir assim. o mais importante é a qualidade dos ingredientes que você irá usar. Um bom azeite de oliva, manjericão miúdo e pinolis (sim, faça este sacrifício) farão toda a diferença no resultado final. O preparo é no pilão, claro.

INGREDIENTES

Folhas de manjericão miúdo                      2 xícaras (chá)

Pinolis                                                             1/2 xícara (chá)

Azeite de oliva                                               1/2 xícara (chá)

Sal (usei Flor de Sal)                                   À gosto

Queijo Parmesão ralado na hora              1 xícara (chá)

PREPARO

Comece colocando os pinolis em seu pilão.

Amasse até ficar com a consistência de uma pasta.

Misture as folhas de manjericão e o sal e macere bem.

Acrescente o azeite de oliva e misture tudo muito bem.

Finalmente, junte o queijo ralado, misture novamente e o melhor Molho Pesto estará bem na sua frente, prontinho para enfeitar um macarrão ou ser despejado em cima de uma bela Burrata, como logo veremos aqui pelo OBA Gastronomia.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu