Espaguete Negro com Anchovas e Pangritata

Esta é uma receita perfeita para quem não gosta de anchovas em conserva começar a rever este conceito. Uma deliciosa massa onde a anchova aparece, mas sem sobressair aos demais ingredientes.

espaguete-com-anchova-1

A escolha de espaguete negro, com tinta de lula, foi uma opção minha. Você pode usar o macarrão de sua preferência.A quantidade de anchova pode ser diminuída até pela metade, se você preferir um sabor ainda mais suave deste ingrediente. A finalização com Pangritata deu um toque todo especial e charmoso ao prato. Vale a pena preparar e experimentar esta delícia.

Espaguete Negro com Anchovas e Pangritata

Tempo de Preparo 10 minutes
Cook Time 15 minutes
Tempo Total 25 minutes
Porções 1 pessoa

Ingredientes

  • 100 g Macarrão espaguete com tinta de lula ou um de sua preferência
  • 1 unidade ou menos, se preferir Filé de anchova em conserva
  • 1 dente pequeno Alho em lâminas finas
  • 1 colher sopa Pangritata
  • 3 unidades cortadas ao meio Azeitonas pretas sem caroço
  • 1 colher sopa Azeite de oliva
  • À gosto Sal
  • 1 colher sopa Salsinha picada
  • Suco de 1/2 limão Suco de limão
  • 1/2 unidade Pimenta dedo-de-moça em cubinhos

Instruções

  1. Cozinhe o macarrão em água salgada até que esteja al dente. Escorra e reserve.
  2. Em uma frigideira funda, aqueça o azeite e coloque o filé de anchova. Cozinhe até que comece a se desmanchar. Adicione o alho e a pimenta. Cozinhe até que o alho doure ligeiramente. Desligue o fogo e jogue o suco de limão. Coloque o macarrão na frigideira, junte a salsinha, o sal e a pimenta e misture tudo muito bem.
  3. Sirva com as metades de azeitona e a pangritata por cima.
  4.  

Pangritata – O Parmesão dos Pobres

É incrível a criatividade das pessoas quando o assunto é comida. Um exemplo disto é a receita que o OBA Gastronomia traz para vocês hoje. De origem italiana, a Pangritata nasceu como um substituto do Parmesão, criado por pessoas que não tinham condição financeira para adquirir o emblemático queijo.

pangritata-1

É claro que o sabor não lembra nem de longe o do Parmesão, mas o resultado é delicioso. A textura crocante e a combinação de sabores que a Pangritata confere a um prato de macarrão é deliciosa. De preparo rápido e fácil, a Pangritata também é uma ótima maneira de reaproveitar pães. Além de acompanhar massas, ela também agrada muito quando acrescentada a uma salada. Esta receita é perfeita para você dar um upgrade em seu prato, tornando um simples macarrão em um prato de evento.

Pangritata

Tempo de Preparo 10 minutes
Cook Time 5 minutes
Tempo Total 15 minutes

Ingredientes

  • 200 g Pão amanhecido italaino, ciabatta ou francês
  • 10 raminhos somente as folhas Tomilho fresco
  • 4 dentes Alho
  • 1 colher sopa Castanha-de-caju picada (ou outra noz de sua preferência)
  • 5 colheres sopa Azeite de oliva
  • À gosto Sal e pimenta-do-reino

Instruções

  1. Corte o pão em pedaços pequenos e passe pelo liquidificador (função Pulsar) juntamente com as folhinhas de tomilho.
  2. Aqueça uma frigideira funda e coloque o azeite. Adicione os dentes de alho e deixe que tostem levemente. Retire-os e abaixe o fogo. Junte  a mistura de pão e tomilho e a castanha picada. Tempere com o sal e a pimenta e deixe no fogo até que dourem, mexendo sempre.
  3. Retire e deixe secar em papel toalha. Sirva com macarrão ou saladas.