Orecchiette com Salmão Defumado e Bottarga

Hoje o OBA Gastronomia traz mais uma receita com este ingrediente fantástico que é a bottarga. Desta vez as ovas de tainha aparecem guarnecendo um prato de massa, já que muita gente diz que esta é uma das melhores combinações com  bottarga.

Na receita passada, utilizei hadoque defumado e achei que ficou muito bom. Nesta, optei pelo salmão defumado, do qual também sou fã.

A combinação de sabores e texturas ficou maravilhosa. A explosiva ervilha deu um toque todo especial para este prato simples e sofisticado ao mesmo tempo. Vale a pena experimentar.

Uma receita para guardar e usar em uma ocasião toda especial. Com certeza, fará sucesso.

Orecchiette com Salmão Defumado e Bottarga

Tempo de Preparo 10 minutes
Cook Time 20 minutes
Tempo Total 30 minutes
Porções 4 pessoas

Ingredientes

  • 500 g Orecchiette
  • 150 ml Creme de leite fresco
  • 200 g Carpaccio de salmão defumado
  • 100 g Ervilha fresca congelada
  • 1 limão Suco de limão
  • 2 colheres sopa Bottarga granulada
  • 4 unidades picadas Cebolinha
  • À gosto Sal e pimenta-do-reino
  • 1 pequena bem picada Cebola
  • 2 colheres sopa Manteiga

Instruções

  1. Em uma panela funda, cozinhe a massa conforme as instruções, deixando-a al dente.
  2. Aqueça uma panela com água até a fervura. Coloque as ervilhas e cozinhe por 2 minutos. Retire e escorra em uma peneira, jogando água fria.
  3. Aqueça uma frigideira funda e derreta a manteiga. Junte a cebola e refogue por 1 minuto. Adicione o creme de leite e deixe aquecer, sem deixar ferver, por 2 minutos. Ponha as ervilhas e aqueça até engrossar um pouco. Desligue o fogo e junte o salmão defumado. Misture bem.
  4. Coloque a massa na frigideira, misture e aqueça. Sirva com a bottarga e a cebolinha polvilhadas por cima.

Bacalhau Ercolano

Receita irresistível: bacalhau, purê de mandioquinha e ovos de codorna num mesmo prato

O OBA Gastronomia traz hoje uma ótima sugestão para quem mora ou está em Salvador, na Bahia.

Não é de hoje que o bacalhau tomou conta da mesa de grande parte dos baianos e caiu no gosto popular. Apesar de ser portuguesa a herança, foi a criatividade brasileira que deu ao peixe uma infinidade de versões e sabores. Incrementados à culinária local, os atuais pratos trazem novas misturas e sabores, obtidos através da inserção de ingredientes tipicamente regionais.

Este é o caso, por exemplo, do “Bacalhau Ercolano”. Fácil de fazer, a receita foi criada pelo Chef Zezinho, à frente do restaurante Ercolano. Na lista de ingredientes, o purê à base de mandioquinha e os ovos de codorna, produtos baratos e bastante acessíveis aos baianos, foram incrementados às tradicionais batatas e azeitonas pretas, dando ao peixe um toque regional e bastante inovador. O arroz branco – servido como acompanhamento -, a cebolinha, o cheiro verde, a pimenta do reino, a manteiga, o sal e o azeite extra virgem completam a lista dos produtos usados na receita.

Além de utilizar ingredientes comuns à culinária nordestina, o prato consegue agradar em cheio, não só o paladar, mas o olfato e os olhos de quem o degusta. “Repleto de cores e texturas, o ‘Bacalhau Ercolano’ reúne a leveza marcante da mistura de fragrâncias à exuberância da combinação dos sabores”, explica o Chef, à frente dos restaurantes Ercolano (Itaigara e Bahia Marina).

“No final, a sensação que temos é que, apesar de completamente distintos, os elementos se encaixam perfeita e harmonicamente, resultando em prazer, aroma e bastante sabor”, finaliza.


Ingredientes

  • 200 g em postas bacalhau dessalgado
  • 100 g arroz branco
  • 150 g purê de mandioquinha
  • 100 g manteiga sem sal
  • 4 unidades azeitonas pretas
  • 4 unidades ovos de codorna
  • 4 unidades bolinhas de batata
  • 2 rodelas cebola tirolesa
  • Cebolinha
  • pimenta do reino
  • azeite extra virgem
  • cheiro verde
  • sal

Instruções

  1. Purê: Cozinhe a mandioquinha em água fervente. Escorra a água e coloque a mandioquinha ainda quente no liquidificador, batendo-a junto com a manteiga, sal e pimenta do reino.
  2. Bacalhau: Pegue o bacalhau já dessalgado e asse-o no forno com azeite extra virgem. Coloque-o numa travessa em cima do purê e distribua ao redor as azeitonas, os ovos de codorna e as batatas. Salpique um pouco de cheiro verde e sirva o prato com arroz branco.
  3. Saibam tudo sobre o Restaurante Ercolano.