Salada no Pote

Vinhos alentejanos em Portugal – Um novo olhar
30 de agosto de 2016
Duas receitas do Matisse Restaurante – Royal Palm Residence – Campinas
1 de setembro de 2016
Mostrar todos

De uns tempos para cá, uma mania começou a se espalhar pelo Brasil. Inspirado nos europeus e americanos, muitos brasileiros começaram a levar sua “marmita” em potes de vidros, aqueles mesmo de palmito, especificamente saladas completas. A praticidade é um dos pontos principais nesta maneira de comer, além de ser uma refeição leve e saudável. Tem coisa mais prática do que pegar um vidro, chacoalhar, abrir e se deliciar com uma salada refrescante e que vale por um almoço? E o melhor de tudo é que você pode preparar seu cardápio para uma semana, uma vez que tomando os devidos cuidados, suas saladas irão se manter perfeitas por 5 dias em refrigerador.

Salada no pote 2

Claro que existem regras para que o resultado seja satisfatório no preparo das saladas em potes. Além do uso de potes de vidro, a sequência dos ingredientes que você vai usar é importante, assim como as folhas que entrarão na receita devem estar perfeitamente secas. A ordem dos ingredientes do fundo para a tampa do vidro é a seguinte:

Molho – O molho sempre deve ficar embaixo para ser misturado somente na hora que for saborear a refeição;

Na camada do centro, você pode colocar vegetais (tomate cereja, pepino, ervilha, vagens, feijões, etc.), queijos firmes, frutas e carnes;

Por cima de tudo vão as folhas e brotos, que devem estar criteriosamente secos, como já comentado aqui.

Os ingredientes que você pode utilizar são inúmeros, dependendo de seu gosto e imaginação. Sua salada pode conter carne ou não. Frango cozido, atum, carne-de -sol, pedaços de peixe defumado são apenas algumas sugestões. Segue uma ilustração retirada do site Olive Oil from Spain que te ajudará a se situar melhor.

SaladInAJar_OliveOilsFromSpain

Os molhos também vão depender de seu gosto. Não deixe-os demasiadamente espessos, para que se misturem com a salada mais facilmente.

Sementes, bacon crocante, queijo ralado, também são bem vindos, deixando sua salada no pote ainda mais interessante e apetitosa.

A salada que preparei para ilustrar o OBA Gastronomia de hoje foi feita com cubos de peito de frango grelhados, ervilha torta escaldada por 1 minuto na água fervente, tomates cerejas, cebola roxa em julienne (tiras finas), cogumelos Paris levemente grelhados, feijão branco, broto de alfafa, alfaces roxa e frisèe.

O molho que acompanha a salada foi preparado com as seguinte proporções:

1 copo de iogurte natural

3 colheres (sopa) de azeite se oliva extravirgem

Raspas de limão siciliano

Hortelã picada

Uma pitadinha de sal

Mistura-se tudo muito bem e pronto, um molho refrescante e delicioso surge na sus frente.

Salada no pote 1

No mais, preparar saladas em potes, além de ser uma maneira divertida e saudável de se alimentar, pode até acabar virando uma fonte de renda extra. Caprichando nos ingredientes, você irá agradar a todos. Para quem almoça no trabalho, é uma mão na roda. Vale a pena exercitar a imaginação e inventar suas saladas para serem devoradas no pote. Ou despejadas em uma tigelinha, caso se sinta mais à vontade.

O OBA Gastronomia aproveita a receita saudável e parabeniza todas as Nutricionistas pelo seu dia, especialmente a Maria Alice Maciel, que cuida da coluna Nutrição por aqui.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: