Festa Brasileira em Portugal – Pati Lazzaretti

Batata Gratinada aos Quatro Queijos
18 de setembro de 2018
Novidades para o verão – Sorvetes
20 de setembro de 2018
Mostrar todos

Christianne Oliveira

Nosso povo, nossas histórias, nossa música e, é claro, nossa gastronomia.

Aquele encontrinho good vibes com meu povo! Simmm! Os brasileiros se juntaram nos dias 07, 08 e 09 deste mês para comemorar o dia da Independência Brasileira aqui na Europa. Houveram vários pontos de encontro, com programações que incluíam palestras, auxílio à imigrantes, shows musicais e, é claro, muita comidinha típica da nossa Terra.


Um destes eventos, foi em frente a Estação São Bento, no centro histórico da cidade do Porto. Uma praça linda, rodeada de prédios centenários, em meio a cafés, bem pertinho de vários pontos turísticos importantes da cidade.
Circulei por lá, troquei ideias, conheci pessoas e divido com vocês um pouquinho do que registrei. Mas antes gostaria de mencionar que a grande maioria, se não 100%, dos brasileiros com quem conversei, dos que se apresentaram em palestras e dos que interagem comigo nas redes sociais, resolveram sair do Brasil por causa da insegurança. A violência no nosso país, é quase que unânime, o principal motivador da evasão. Outros fatores existem sim, mas este sempre é o principal.


A sensação quando se chega aqui é de alívio por poder andar nas ruas sem medo. Um dos participantes comentou que veio agora e que sua família virá daqui há alguns meses, ele disse que é como se tivesse deixado a família na guerra da Síria. Todos concordaram. Todos sentem que nosso país vive uma guerra e que todos os dias qualquer um pode levar um tiro. O medo de ser assaltado, o medo de morrer na violência urbana faz com que muitas famílias larguem tudo e busquem um recomeço.


Ser imigrante não é fácil, nem vou mencionar a lista de desafios que temos que enfrentar porque polemizaria demais. Mas posso dizer que vejo que as pessoas são mais felizes aqui, mesmo com todas as dificuldades, mesmo com a saudade, porque aqui conseguimos ter vida digna, mesmo ganhando pouco e, principalmente, temos PAZ!
Desculpem o desabafo, quem me acompanha sabe que não é meu perfil entrar nestas pautas, mas o assunto veio à tona e eu senti que precisava compartilhar. Quero parabenizar cada cidadão brasileiro e guerreiro, que está aqui lutando dignamente para recomeçar a vida, assim como eu. E um brilho especial à turma da cena gourmet porque sou dessas :D! Olha quem teve lá meu povo:

Quem: Chef Alessandra Porpino
Tempo como imigrante: 2 anos
Atividade em Portugal: faz mestrado e trabalha no ramo hoteleiro em Lisboa.

Chef Alessandra Porpino

Quem: Ulisses Tadeu
Tempo como imigrante: 16 anos
Atividade em Portugal: proprietário da The Big Fritz, uma doggeria localizada em Gondomar.

Ulisses Tadeu

Quem:Vera Costa
Tempo como imigrante: 17 anos
Atividade em Portugal: Proprietária do Longa Metragem Pastel, uma pastelaria localizada no Shopping Brasília, no Porto.

Vera Costa

Quem: Christianne Oliveira
Tempo como imigrante: menos de um ano
Atividade em Portugal: Trabalha com a marca Brigadeiros da Sorte, do Porto, grife gourmet de brigadeiros feitos sob encomendas e que também participa de eventos gastronômicos.

Christianne Oliveira

Quem: Zaira Aragao
Tempo como imigrante: 4 meses
Atividade em Portugal: trabalha com encomendas de brigadeiros veganos, grife gourmet de brigadeiros feitos sob encomendas e que também participa de eventos gastronômicos. Paralelamente, trabalha como auxiliar de cozinha num restaurante do Porto.

Zaira Aragão

Espero que tenha curtido minha experiência. Adoraria saber da sua.
Divida comigo sua experiência gastronômica e/ou vínica!
O que mais gostou? O que detestou?
Lugares que vc indica e os que não recomenda.
Mande direct pelo insta @lazzarettipati
Msg pelo facebook/patilazzaretti
Ou email pati.lazzaretti.nh@gmail.com

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: