Caldinho de Piranha

Prime Rib no La Santa Birra
19 de março de 2010
Canja de Galinha
20 de março de 2010
Mostrar todos

CALDINHO DE PIRANHA – SABOR BRASIL

Cherry 1

Hoje (18/03)  é aniversario do meu querido amigo Orlando Baumel. E apesar do adiantado da hora ainda é dia de festejar, de lhe desejar o bem e também de lhe ofertar um presente saído bem lá do fundo do coração e feito pelas mãos da dona dessa cozinha.

Como sei que ele é um grande apreciador de pescarias e até já veio pescar aqui bem pertinho reservei para ele essa receita feita com piranhas pescadas no lindo rio Paraná, no “Paranazão” como já é o hábito carinhoso de chamá-lo.

Das maneiras de se fazer o caldo de piranhas no Brasil existe várias. Essa que trouxe aqui hoje tem bem o meu jeito e posso garantir a quem se aventurar em executá-lo que o sabor caso você ainda não tenha provado será inesquecível. Apesar das histórias todas e da aparência assustadora (nem tanto) das piranhas o sabor da carne desse peixe é maravilhoso, não lembra em nada o gosto característico de peixes de rio.

Você se surpreendera com o sabor sofisticado e aveludado dessa preparação e além do mais será também uma boa oportunidade para por a prova a fama afrodisíaca do caldo…

Cherry 2

CALDINHO DE PIRANHA À MODA COZINHA É POESIA

Ingredientes

4 piranhas médias – já limpas e escamadas
1/4 xícara (chá) de azeite de oliva
5 dentes de alho (grandes)
2 cebolas (grandes) cortadas grosseiramente
2 tomates grandes – se estiverem pequenos use mais
1 pimentão verde (pequeno)
1 pimenta dedo de moça
1 bom amarrado de coentro (imprescindível), salsinha e cebolinha
1 colher (sopa) de colorau (colorífico)
Sal a gosto
2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Para servir

Azeite de oliva
Coentro picado

Modo de fazer

Corte as piranhas em pedaços grandes (3 ou 4 partes). Corte também o alho em lâminas, a cebola , os tomates e os pimentões em quartos. Reserve.
Leve ao fogo uma panela grande e alta, coloque o azeite e deixe aquecer bem junte o alho e a cebola e frite um pouco até começar a amarelar. Acrescente o colorau deixe fritar um pouco e junte os tomates, o pimentão, a pimenta cortada ao meio o amarrado de coentro, salsinha e cebolinha e as piranhas. Cubra tudo com de água (cerca e 2 litros ou um pouco mais), tampe a panela e deixe cozinhar por 30 minutos após o início da fervura. Então coe todo o conteúdo da panela, reservando a parte líquida e a parte dos resíduos separados. Assim que esfriar um pouco separe; os pedaços de cebola e de tomate e também a carne das piranhas, desprezando pele, espinhas, rabos, etc. Descarte também o amarrado de cheiros e os pedaços de pimentão. É trabalhoso, mas valerá à pena. Reserve tudo.
Numa pequena frigideira coloque a farinha de trigo e leve ao fogo sem parar de mexer até que fique tostada de cor marrom claro. Reserve também.
Coloque no copo do liquidificador parte do caldo reservado e parte dos resíduos também reservados e bata muito, muito bem até ficar bem liso e homogêneo, sem “fios” da carne do peixe e sem pedaços de legumes. Isso é muito importante para que o caldo fique com uma textura aveludada. Passe o caldo batido para panela já limpa e faça a mesma coisa com o restante do caldo e dos resíduos dessa vez também acrescentando a farinha de trigo tostada. Bata muitíssimo bem daquela mesma forma e coloque na panela também. Leve a panela ao fogo, junte sal a gosto e cozinhe sempre mexendo até ferver bem e o caldo ficar ligeiramente encorpado, mas não ficará muito grosso lembre-se que se trata de um caldinho!
Sirva quente em canequinhas ou em pequenas cumbucas com um bom fio de azeite de oliva e mais coentro picado para quem gostar.

Dizem que após 2 horas após a degustação do caldo nota-se algum efeito….

Cherry 3

Orlando meu querido amigo
Eu espero que você tenha gostado do presente de aniversário, por que foi temperado com os afetos que brotam lá dentro, no fundo  do coração.
Um beijo enorme desde aqui desse oeste paulista até o céu!
Naquela esquina azul…

Cherry 4

Muito obrigado, Cherry! Do fundo de meu coração!

Confiram o trabalho da Cherry Gomes no Cozinha é Poesia.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.