Todos os sabores se encontram em Israel – Alon Lavi

Arrumadinho de Carne Seca
10 de julho de 2014
Mukeka Cozinha Brasileira
14 de julho de 2014
Mostrar todos

O OBA Gastronomia de hoje traz um artigo escrito por Alon Lavi, Primeiro-secretário da Embaixada de Israel no Brasil. Um panorama da gastronomia israelense. Vale a pena conferir.

 Todos os sabores se encontram em Israel

Por Alon Lavi,

Primeiro-secretário da Embaixada de Israel no Brasil

Um caldeirão de diversos sabores oriundos de várias partes do mundo. Assim pode ser definida a culinária de Israel, algo tão diversificado quanto a população local. Além dos judeus, cristãos e muçulmanos que há séculos habitam a região, a sociedade israelense é composta por imigrantes da Europa Oriental, da Antiga União Soviética, e do Norte da África. Eles trouxeram tradições de longa data sobre a comida judaica das regiões em que viviam. Portanto você poderá encontrar em Israel cuscus, do norte africano, guefilte fish, da Polônia, além dos famosos húmus, tahine e falafel, do Oriente Médio.

Israel é também um país ocidental influenciado pelas tendências mundiais, mantendo-se atualizado sobre todas as mudanças mundiais que estão em evidência, incluindo as tendências culinárias. Pode-se desfrutar do melhor da comida italiana, chinesa, japonesa, indiana, árabe e americana. Você poderá comer em simples restaurantes de trabalhadores ou em restaurantes de prestigiados chefs.  A maioria dos restaurantes e cafés oferecem um menu composto de pratos que se tornaram populares entre a população local ao longo dos anos, baseado em sanduíches, massas, peixes, verduras e carnes.

A dieta e cultura alimentar da região Mediterrânea são fortemente sentidas em Israel. Nos últimos anos, prósperas indústrias de vinho de qualidade desenvolveram-se junto com fabricantes de azeite de oliva e alguns pequenos laticínios, que produzem queijos de vaca e de cabra no estilo francês. Os peixes começaram também a fazer parte da maioria dos menus dos restaurantes locais, o que é muito apropriado para um país situado às margens do Mar Mediterrâneo.

Muitos restaurantes possuem menu em inglês. Nos que não possuem, possivelmente haverá um garçom que fale Inglês razoável e que possa explicar o cardápio. A maioria dos restaurantes está aberta desde o período da manhã até a noite. Na maioria das cidades, especialmente em Tel Aviv, você pode encontrar algo para comer a qualquer hora do dia ou da noite.

                                                                     Kosher

logo_kosherO alimento kosher é o alimento permitido aos judeus para comer de acordo com a lei religiosa judaica. Há muitas leis do Kashrut (leis higiênicas), e seu grau de observância varia de acordo com as várias correntes do Judaísmo e de pessoa para pessoa. Para defini-las resumidamente, as leis da dieta judaica proíbem comer da carne de porco e de outros animais que não ruminem o alimento, e os que não possuem fendas nas patas. É proibido também comer ostras e frutos-do-mar e proíbe-se comer os produtos derivados do leite juntamente com os derivados de carne.

Confira alguns dos principais pratos da cozinha israelense.

Falafel

Um dos melhores pratos israelenses vem da cozinha árabe e é comum encontrá-lo em quase todas as esquinas. É vendido em bancas /lojas de rápido atendimento a preços baixos. O Falafel é feito de bolinhas fritas de grão de bico e algumas especiarias. É vendido em pão de pita (pão sírio), um tipo de pão redondo, achatado, guarnecido com verduras e legumes frescos, tahine e humus, e às vezes com batata chips. Verduras e legumes em conserva e molhos picantes também podem ser acrescentados ao falafel e ao pão.

 Shawarma

Este prato popular é compartilhado pelas cozinhas árabe, turca e grega. Shawarma é a carne que é grelhada lentamente em um espeto giratório. A camada exterior da carne é retirada, e é servida no pão de pita ou na lafa, sendo que verduras e legumes frescos, tahine, humus, e batatas chips podem ser adicionados. Aqui, é habito comer este prato com uma variedade de legumes em conserva.

Humus

dsc036372O Humus é um alimento árabe feito de grão-de-bico, cozido e esmagado em um purê junto com tahine cru (pasta de gergelim). O Humus é servido geralmente com azeite, temperos e salsinha, e às vezes também com um ovo cozido, favas cozidas ou outros acompanhamentos. O Humus é comido junto com o pão pita.

Burekas

Também conhecido como Borek, é uma massa assada no forno que leva diversos recheios. Um dos mais comuns é com queijo, espinafre, beringela e carne. Atualmente são consumidos em Israel como aperitivo ou lanche rápido.

Baba Ganoush

É uma pasta feita de beringela assada ou grelhada com tahine. Quando é servido em um prato ou travessa, costuma-se regar a receita com azeite e servir com torradas.

Baklava

Doce composto por várias camadas de massa fina, recheado com creme de nozes ou pistache e coberto com calda de açúcar.

[box type=info]Confiram nossa receita de Humus [/box]

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: