Paneleiras de Goiabeiras

Vinho Brasileiro
26 de dezembro de 2008
Casa do Zé – Espetinhos
28 de dezembro de 2008
Mostrar todos

Panelas de barro!!

Mais um post perdido que estou resgatando!! De novo o agradecimento a nossa amiga Rosana Sperandio!!

Paneleiras de Goiabeiras

Assim chamadas por ser a maioria das artesãs mulheres, residem no bairro de Goiabeiras, em Vitória, capital do Estado do Espírito Santo. Com competência confeccionam, em barro, panelas, potes, travessas, bules, caldeirões, frigideiras etc, de diversas formas e tamanhos. O processo de fabricação é praticamente o mesmo que os índios usavam quando aqui aportaram os portugueses na época do descobrimento. A principal matéria prima, o barro, é extraído na própria região, em jazidas do Vale do Mulembá. A argila, antes de ser usada, passa por um processo para “limpar” denominado “escolha”, que consiste na retirada de impurezas, como pedras e restos de vegetais. A modelagem das panelas é feita manualmente, sem o uso do torno de oleiro. As panelas, depois de modeladas, ficam em lugar ventilado e protegido do sol até secarem completamente. Só após é efetuada a queima, não em forno, mas em fogueiras a céu aberto (método bastante primitivo adotado por tribos indígenas).

dsc006121

Para se ter a exata dimensão da importância desta atividade cultural, foi aprovado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional),em reunião de 21/11/02, o registro do ofício das Paneleiras de Goiabeiras para ser inscrito no Livro de Registro dos Saberes e declarado Patrimônio Cultural do Brasil. 

É com essas panela que são feitas a tradição de nossa culinária a famosa Moqueca capixaba e a Torta capixaba..e por que  feita em panelas de barro? Certamente a característica mais marcante das panelas é a sua coloração escura. Isto é obtido por meio da impregnação da peça com tanino, existente na árvore do mangue vermelho” rhizophora mangle“. Como resultado, o tanino penetra nos poros da cerâmica, cobrindo fissuras e tornando-a impermeável, servindo também para impedir a proliferação de fungos, que, com o correr do tempo, esfarelam o barro. Observe-se que a coloração escura da panela permite uma melhor concentração do calor, facilitando o cozimento e a conservação dos alimentos, e além disso nossa moqueca tem sabor suave, não é adicionado o azeite de dendê. E com isso o sabor fica irresistivelmente melhor…”MOQUECA É A CAPIXABA O RESTO É PEIXADA”

dsc006091

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

3 Comentários

  1. Claudia Vale disse:

    Olá
    Orlando Baumel vc só esqueceu de postar a receita de Moqueca Capixaba, aquelas que a gente ganha qdo compra as panelas.Estou louca atrás perdi a receita.Por favor me passa se possível.
    Obrigada.
    Claudia Vale

  2. Jacildo Canett de Morais disse:

    Não consegui entrar em contato via telefone, favor enviar tamanho das panelas de barro e valores e a forma como poder adquiri-las. Um abraço – Belém do Pará.

  3. luciana da silva gomes disse:

    quero saber se indo ate ai eu consigo comprar as panelas e os valores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: