O Fantástico Feijão Manteiguinha de Santarém

Feijão Manteiguinha de Santarém já cozido

Não é sempre que encontramos produtos do Norte do Brasil por aqui. Quando alguma destas novidades surgem nos mercados, sempre procuro experimentar. Desta vez a surpresa foi com o Feijão Mandioquinha de Santarém, uma agradável surpresa, aliás.

Pensa em um feijão miúdo, bem miúdo, de coloração creme claro e com um sabor adocicado delicioso. Assim é o Manteiguinha. Impossível não se apaixonar de cara.

O Feijão Manteiguinha de Santarém é um feijão da categoria Caupi, mesmo tipo do mais conhecido Fradinho. É o feijão típico de Santarém, no Pará. Apesar de não ser originário da região amazônica, faz parte da cultura gastronômica local. O Manteiguinha quase chegou a desaparecer do mapa, devido ao alto custo de produção. Em 2013 os órgãos locais começaram a incentivar os produtores a voltarem a plantá-lo e o feijão voltou a fazer a festa de seus apreciadores.

Feijão Manteiguinha de Santarém já cozido

Durante o seu preparo, o Manteiguinha de Santarém não produz muito caldo, sendo mais utilizado em um ponto mais tenro no preparo de saladas. Este feijão também acompanha muito bem peixes, especialmente o Pirarucu, um dos reis dos rios amazônicos.

Feijão preto normal e o Manteiguinha cozidos

Nos próximos dias, trarei algumas receitas em que utilizei esta delícia de feijão. A propósito, eu comprei o Manteiguinha de Santarém da marca Manioca. Apesar de não ser nenhum tipo de marketing, achei importante citar a marca, mesmo porque utilizei algumas informações a respeito na embalagem e no site da Manioca.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

2 Comentários

  1. […] dias falei aqui sobre o Feijão Manteiguinha de Santarém. Como é um feijão que não produz caldo, uma das preparações mais utilizadas com ele é em […]

  2. […] sobre a delícia que é o Feijão Manteiguinha de Santarém. Faltava uma receita típica com ele. Como não imaginar um […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: