Carne Cruda

A pedidos.

De minha querida amiga Karoline, a Dona do Mundo.

Surpresas… A vida tem mesmo muitas delas!

Mas a mais gostosa é certamente aquela que vem de nós mesmos, aquela proveniente dos nossos esforços menos comentados, daquilo que fazemos sem esperar recompensa… Talvez esse seja o segredo das boas surpresas: não tentar agradar forçosamente a ninguém, mas usar o que temos de melhor para executar uma tarefa e sentir no final aquela sensação de que fizemos bem feito.

Não sei o que vocês fazem quando se sentem assim, quando são surpreendidos por alguma coisa boa, resultado de esforço pessoal, de tempo gasto, de cabeça trabalhando incansavelmente.

Eu costumo comemorar, e muito as boas novas. Nesse momento, problemas, a montoeira de trabalho que me espera, e o que passou, dão lugar a uma alegria gostosa, inteira e comestível.

E como toda boa surpresa traz outras, e já que amo as delícias da vida resolvi desafiar o amigo Orlando Baumel, do Oba Gastronomia, uma pessoa muito querida a criar um prato que tenha sabor de satisfação, dever cumprido e da doce sensação da vitória.

Vai lá Orlando, agora é com você !

Um desafio difícil. Pensar em emoções e transformar em um prato não é uma tarefa fácil. Seria mais fácil se fosse para lembrar de uma ocasião.

Então, comecei a pensar na vida, como um todo, relacionar a uma forma de preparo na culinária. A primeira coisa que me veio à mente, foi que a vida é crua, uma verdade crua. A receita teria de ser alguma coisa crua.

Depois, pensei em algo que simbolizasse vida. O que melhor que ovo para representar a vida? O alimento perfeito, uma vida inteira protegida por uma casca.

Então, carne crua com ovo. Quase um Steak Tartar. Carne misturada com molho Gribiche. Uma pequena modificação: ao invés de ir só a gema, cozinhei os ovos (moles), para depois mesclar com a carne e os temperos (a essência da vida).

INGREDIENTES

500 g de carne moída (de preferência, patinho)

1 cebola roxa média bem picadinha

3 colheres (sopa) de alcaparras, lavadas e escorridas

2 colheres (sopa) de cornichons (pepininhos em conserva) bem picados

4 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem

Suco de meio limão

2 ovos

Gotas de Tabasco

Gotas de molho inglês

Gotas de conhaque

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

Ciboulette (para guarnecer)

PREPARO

Cozinhe os ovos por 2 minutos (a contar da fervura). Abra-os com cuidado e misture as gemas na carne. Corte a clara em pedacinhos e adicione ao preparado também.

Junte o restante dos ingredientes (com excessão da ciboulette) e mescle tudo muito bem. Sirva da maneira que preferir, guarnecido da ciboulette. Pode servir acompanhado de broa ou outro pão a seu gosto.

Olhando assim, ninguém lembra de “vida”. Mas, o que ela é, senão uma verdade crua e temperada? Resta a nós utilizarmos e dosarmos os temperos mais saborosos, para levarmos da melhor maneira possível.

C ‘est la vie!

Para Karoline, a Menina que também voa.

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem 2 comentários

  1. A minha melhor surpresa foi ter conhecido o Orlandinho!!!

  2. Desafiei e acabei desafiada!!!
    Adorei Orlando, maravilhoso, e curioso, porque no momento que postei o desafio, pensei em carne, porque tem tudo a ver com conquistas, com vitórias, com satisfação… e tive a sensação que vc ia inventar um prato como esse… Logo pensei: se for isso, dessa vez vou ter que experimentar!
    Vou colocar lá no blog também e vou querer experimentar, eu e o pessoal daqui de casa, ficaram todos curiosos.
    Obrigada meu amigo, por ter aceito esse desafio, e por estar mais presente em minha vida do que os que falam comigo todos os dias
    Beijo n’alma!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu