Bananinha da Costela

Escondidinho diferente – Lélia Baumel
16 de outubro de 2013
Salada de Broto de Girassol
18 de outubro de 2013
Mostrar todos

Churrasco é uma mania nacional, principalmente aos domingos, quando milhões de carnívoros se reúnem em torno de uma churrasqueira para degustar os mais diversos tipos de carnes, sempre acompanhadas de boas risadas, cervejas e caipirinhas. Por onde você passa em uma caminhada dominical sentirá o aroma da gordura pingando no carvão. Provocando a vizinhança, como se fala em bom dialeto de churrasqueiro.

Cortes Tradicionais de Churrasco

Linguiças, asinhas de frango, picanhas, alcatras, fraldinhas, costelas inteiras e um sem número de cortes são devorados nestes rituais que nos remetem aos nossos ancestrais mais antigos. É coisa para ser levado a sério. O churrasqueiro é sempre um, não dando chances a outras mãos no manuseio do tesouro sobre as brasas. Todas as famílias tem o seu. É de lei.

O momento que a refeição começa a ser servida pelo assador é aguardado com ansiedade quase religiosa pelos convidados. É quando linguiças começam a ser passadas na farinha de mandioca e devoradas com as mãos, sem cerimônia alguma. São os famosos aperitivos do churrasco. Dentro desta categoria, está um dos cortes mais saborosos que conheço para abrir o festim da carne: a bananinha da costela.

Bananinha da costela

Este corte é o contra-filé, retirado do meio das costelas. Pela quantidade de gordura, é saboroso demais. Rápido de preparar, é um dos aperitivos que quase sempre aparece nos churrascos que meu irmão (um craque dos espetos e grelhas) proporciona. Basta ver a foto para adivinhar o capricho.

Origem do nome Bananinha de Costela

O nome bananinha vem de sua aparência, sempre pedaços pequenos, para uma pessoa apenas. Você encontra bananinha já temperada (até com shoyu), mas os mais puristas sempre usarão apenas sal grosso.

Preparo da Bananinha de Costela

O modo de preparo é invariável. Tempere com sal grosso, na proporção de 1/2 xícara para cada quilo de carne. Em fogo alto, deixe por 5 minutos. Vire e deixe mais 5 minutos. Pronto. Um dos aperitivos que mais farão sucesso em seu churrasco está no ponto de ser degustado.

Bananinha da costela é uma carne meio esquecida na lista de domingo. Eu recomendo sempre. É uma delícia.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: