Um pitaco sobre Açúcares – Maria Alice Maciel

Home / Colunistas / Um pitaco sobre Açúcares – Maria Alice Maciel

Olá! Dessa vez resolvi conversar um pouco com vocês sobre açúcares. Não vamos falar sobre todos eles, mas apenas nos concentrar em alguns. Vocês tem visto a variedade de açúcares que tem por ai? Há algum tempo atrás nem daria para acreditar que o açúcar não era tão branquinho, fininho e bonito como vem no pacote, né? Pois então, com o tempo ele acabou se transformando em um vilão, apesar de branquinho,  cor da paz. Precisamos colocar na balança as vantagens e desvantagens, aonde e como usar, valor calórico, etc.

Bom, vamos lá, começando pelo nosso mais conhecido açúcar, o Refinado. Acontece que além do refinado, tem também o Cristal, de Confeiteiro, Impalpável, todos branquinhos. O Açúcar Refinado, que todos conhecemos muito bem, é o nosso açúcar de mesa, o mais comum de todos. O Cristal, um pouco menos branco, demora mais a dissolver e me parece que tem um poder adoçante menor, mas não sei se isso é só impressão minha. O de Confeiteiro é aquele mais fininho, leve e fofinho e o chamado Impalpável é quase o de Confeiteiro, apenas acrescentado de um pouco de amido de milho, que ajuda a tirar a umidade do açúcar. Os dois últimos muito usados na confeitaria. Para mim, o de Confeiteiro é o mesmo que Glaçúcar. Como não entendo nada de confeitaria, perdoem meus possíveis erros. Em termos de calorias, sinto dizer, são todos iguais, a cada 10 g do açúcar obtemos, arredondando, 40 calorias.

Açúcar Cristal

Até ai tudo bem, mas as coisas começam a se complicar. E o Açúcar Mascavo, que um tempo atrás começou a virar moda, é mais saudável e tal e coisa? Ele é menos industrializado, passa por menos processos de purificação, centrifugação e outros “çãos”…portanto tem mais nutrientes. A cor também é outra, não é aquele branquinho e fofo. Bem parecido com o Mascavo, temos o Demerara. Em termos de cor e composição, eles tem mais minerais que os demais. Para quem usa na preparação de receitas, parece que o Demerara não deixa o sabor muito pronunciado como o mascavo deixa. É claro que, dependendo da receita, podemos querer o sabor ou não. Quanto às calorias, continua sendo a mesma coisa. Então, podemos dizer que o termo saudável está mais relacionado com uso ou não de aditivos, agrotóxicos, quantidade de vitaminas e minerais do que ao valor calórico. Na verdade, eu acho mesmo que o saudável está principalmente relacionado com a quantidade utilizada. Não adiantaria eu usar apenas o açúcar orgânico, por exemplo, que não tem agrotóxicos, aditivos, etc., se eu desandar a comer em exagero.

Bom, está indo tudo mais ou menos bem, quando chega outro, o Açúcar de Coco. Ai meu Deus, e agora? Assim como o Demerara e o Mascavo, esse açúcar é mais rico em vitaminas e minerais. Em termos calóricos, também é semelhante, possuindo pouca diferença. O mais interessante, na verdade é o índice glicêmico, que é menor, ou seja, demanda mais tempo para  a glicose chegar à corrente sanguínea, e isso é uma vantagem. O sabor é parecido com o de coco queimado. Eu experimentei, ninguém me contou. Então, veja bem em qual preparação você vai utilizar, pois pode mudar o resultado esperado para aquela receita.

O atualmente badalado Açúcar de Coco

De qualquer forma, o que temos que considerar  é que o excesso de qualquer tipo de açúcar é que vai complicar a nossa vida, podendo  levar a um aumento dos triglicerídeos, ao desenvolvimento de diabetes, de obesidade e as conseqüências disso tudo. Então vai a dica, consuma sempre com moderação.
Até mais.

Maria Alice Maciel      –      Nutricionista

Orlando Baumel
Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.