Trufas de Chocolate – Nathália Figueiró

Feijoada – A receita que uso
2 de novembro de 2009
Jóias Subterrâneas
4 de novembro de 2009
Mostrar todos

Bem Vinda, Nathália!

trufa 1

O Oba inaugura hoje a coluna quinzenal da Chef Patisseur Nathália Figueiró.

É com muita alegria que o Oba contará, à partir da data de hoje, com a colaboração de Nathália Figueiró e seus doces maravilhosos. Com certeza, vocês irão se deliciar e aprender muito.

O Oba é seu, Nathália!

“Gostar de olhar os doces, gostar de comer doces, gostar fazer doces. Esta é a definição para Nathália Figueiró Bombons e Doces Finos, que teve o início de suas doces atividades em novembro de 2008 e que hoje está adocicando festas de casamento, festas infantis e qualquer comemoração que mereça um doce toque de requinte.

O inicio de seus trabalhos aconteceu no Natal de 2008, com a produção de panetones trufados, com os sabores mais variados.
Graças ao grande sucesso, o próximo passo foi começar a fazer trufas em caixas presenteáveis.
À partir daquele momento, o que era para ser apenas um complemento no final do ano, passou a ser o grande empreendimento que é Nathália Figueiró Bombons e Doces Finos.

Trabalhando sozinha no desenvolvimento de seus doces, Nathália Figueiró garante a satisfação dos seus clientes em cada evento que participa. Com seus doces artesanais, feitos com ingredientes selecionados, a qualidade é sempre o principal ingrediente.
Contando com um cardápio variado, as opções variam entre as trufas, os bombons, os doces finos, os copinhos de chocolate recheados com trufa e decorados com graciosas frutas, como cereja ou Physalis. Destaque também para as gotas de chocolate, cestinha de frutas do bosque, as xícaras de chocolate, a deliciosa Ganache de Cappuccino decorada com chantilly e grãos de café.

Em todos seus produtos o ingrediente principal é o carinho. E o resultado disso é a satisfação de saber que seus doces são saboreados com prazer, a cada pedaço.”


trufa branca

Estava pensando muito sobre o que escrever na minha coluna inaugural no OBA, na dúvida porque é uma responsabilidade enorme mas também um delicioso trabalho. A decisão da receita inaugural, no entanto, foi fácil e rápida, pois como comecei no segmento dos doces finos fazendo trufas, então por que não começar justamente com elas?

Não vou explicar a origem da trufa ou até mesmo em que ano ela começou a fazer parte dos banquetes ou algo assim, mas vou falar da magnitude que este doce tem, desde a escolha do melhor chocolate para seu preparo até a qualidade do creme de leite, a origem do conhaque e por fim a textura e qualidade do mel. Para quem olha, de início, parece simples fazer trufas, mas é um trabalho delicado e complexo como o de um artesão.

A escolha dos ingredientes se dá primeiramente com o chocolate perfeito, preferencialmente o dark, com 70% de cacau em sua fórmula. Não que os outros não possam ser usados… podem sim, mas o sabor de um chocolate mais puro é inigualável.
Já o creme de leite, quanto mais fresco melhor. Afinal é o responsável pela cremosidade da trufa.
O conhaque deve ser de qualidade, de preferência envelhecido em barris de carvalho, que tem como característica sua tonalidade dourada até o caramelo. A finalidade dele na trufa, além de deixar seu aroma característico, é a de garantir uma durabilidade maior.
E por último o mel, que deverá ser puro e de boa procedência, pois só assim garantirá uma textura inconfundível.

Lembrando também que essa parte da escolha dos ingrendientes poderá render a você uma deliciosa manhã nos corredores do Mercado Municipal.  Aproveitem.

Receita de Trufa

Ingredientes para a massa da Trufa:

500 g de chocolate 70% cacau ou meio amargo;
200 g de creme de leite sem soro;
1 dose (aprox. 20ml) de conhaque;
1 colher de sopa de mel.

Ingredientes da cobertura:

300 g de chocolate para cobertura;
100 g de chocolate em pó (sem adição de açúcar).

Modo de preparo:

Coloque o creme de leite para aquecer em uma panela em banho-maria. Quando a água do banho-maria ferver, desligar o fogo e adicionar o chocolate já picado.

Mexer delicadamente até que o choclate derreta por completo. Este passo leva em torno de 20 minutos.

Em seguida, adicione o conhaque e mexa até que encorpore por completo.
Por último o mel, mexendo bem até que ele dissolva.

Retire a massa da trufa da panela, transfira para um refratário e deixe descansar por no mínimo 12 horas.
Antes de moldar as trufas, retire a massa da geladeira com uma hora de antecedência. Depois disso molde as trufas delicadamente sem se preocupar com tamanho e forma simétrica. Em seguida, dê o banho no chocolate para cobertura, previamente derretido e passe as trufas no chocolate em pó.

A decoração da trufa fica por conta de seu formato único e característico, podendo ser acondiconadas em forminhas, em bomboniére ou cestarias.

trufa capa

Espero que gostem desta receita, lembrando que a cada 15 dias estarei no OBA com deliciosas e doces receitas.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

15 Comentários

  1. Carol disse:

    Olá Nathalia!

    Seja bem vinda a equipe do Oba!
    Lindas fotos e excelente trabalho, está de parabéns!

  2. paulo monteiro disse:

    Só de ver , já deu vontade de comer
    parabéns e sucesso menina

  3. Marly disse:

    Orlando,
    Eita, agora é que eu não saio mais daqui. “Vocês vão ter que me aturar” (rs)

  4. Lara disse:

    Acabo de descobrir que gosto de doces. Tudo o que eu disse a respeito, até hoje, fica, a partir de agora, absolutamente revogado.

    Culpa desta Nathália aí.

    Aliás, Orlando já contou pra nova colunista que pra escrever no Oba primeiro tem que passar no teste do paladar da Carol e da Lara?

    Qndo é que nós provaremos se é bom de comer tanto quanto de olhar??

    Rsrs esta menina é um ACHADO!

  5. M. Alice disse:

    NOOOOSSSAAAA, do jeito que eu gosto de doces… Não que eu vá fazer, eu quero mesmo experimentar.
    Adorei.

  6. Lucelia disse:

    Gostaria de saber quanto tempo essa trufa feita quanto tempo de validade ela tem, pois gostaria de vender

  7. claudia disse:

    Q. delicias, como comprar e comer! qual é o end. obg.

  8. CLAUDIA disse:

    HÁ COMI DE TUDO O Q. VI AI NOSSA QERO MAISSSSSSS!! O ANDE COMPRAR.

  9. Nathalia Figueiró disse:

    A validade das trufas tradicionais é de 30 dias em local fresco, longe do calor.
    E para comprar, meu telefone é 8474-4388.
    Obrigada
    Nathalia Figueiró

  10. Diana disse:

    olá! como faço para manusear as casquinhas de chocolate e rechear no calor? faço as caquinhas com formas de silicone e estou encontrando dificuldades agora que o clima está esquentando, e como coloco nos pontos de venda? uso o papel de trufas tipo bombom.
    agradeço se receber dicas
    bjs

  11. sandra conceicão santos disse:

    As trufas são tudo eu vou fazer no aniversario do meu filho beijos e obrigado pro compatilhar.

  12. Dirceu Rodrigues disse:

    tem dicas excelentes, vocês estão de parabens!

  13. Cira Teixeira disse:

    maaaaraaaavilhosas parabens!!!!!!!!!!!!!

  14. Cira Teixeira disse:

    maaaaraaaavilhosas parabens!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: