Sabor de Infância

marcador para cupcake
Cupcakes – Economize nos utensílios
17 de março de 2011
Smart Box – Grande idéia!
20 de março de 2011
Mostrar todos

Madalena – a precursora do Escondidinho.

No dia de meu aniversário, nada como uma comida que relembre os tempos de criança.

Madalena é uma daquelas receitas que te remetem para o melhor tempo de nossas vidas. É quase impossível uma criança nunca ter provado (e gostado) de Madalena.

A simplicidade do prato é genial. Purê de batatas e um refogado de carne moída. Queijo ralado e gratina. Pronto, um dos pratos mais saborosos que eu conheço. Hoje podemos encontrar com certa facilidade um tipo de Madalena. Nos bares, como petisco e como nome de “Escondidinho”.

Esta Madalena eu ganhei de minha cunhada Leila Scheffer. Perfeita para a data. Aniversário com sabor de infância.

INGREDIENTES (6 pessoas)

Purê de batatas

500 g de batatas

120 ml de creme de leite fresco

3 colheres (sopa) de manteiga

2 colheres (sopa) de queijo Parmezão  ralado

Sal e pimenta-do-reino moída à gosto

PREPARO

Cozinhe as batatas e passe pelo espremedor. Aqueça uma panela e coloque o purê de batatas. Deixe secar um pouco e adicione os outros ingredientes, mexendo bem até ficar liso e homegêneo. Reserve.

Recheio de carne moída

500 g de carne moída (patinho)

100 g de milho verde cozido (pode ser enlatado)

1/2 cebola pequena, bem picadinha

2 colheres (sopa) de molho de tomate

Algumas azeitonas pretas

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

PREPARO

Aqueça o azeite em uma panela. Frite ligeiramente a cebola e adicione a carne (aos poucos). Refogue até tomar cor. Coloque o molho de tomate e o milho. Refogue por mais 2 minutos. Junte as azeitonas, deixe por 1 minuto. Tempere com o sal e a pimenta e desligue o fogo.

MONTAGEM

Em uma travessa refratária, faça uma camada de purê de batatas. Ponha o refogado de carne por cima e cubra com mais uma camada de purê. Polvilhe uma porção generosa de queijo Parmezão ralado na superfície.

Leve ao forno pré-aquecido e deixe até gratinar. Sirva imediatamente, ainda muito quente.

Existem diversas variações de Madalena, mas esta é a original, a da infância. Deliciosa.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

5 Comentários

  1. Toda vez q fico dodói, corro pra casa da mãe e como exatamente isso… não tem coisa mais gostosa que comida de infância!
    Adorei!

  2. Joseane disse:

    Oi Orlando, parabéns mais uma vez (no Twitter foi a 1ª!)!
    Qdo eu comecei a ler o post e vi aquela frase “É quase impossível uma criança nunca ter provado (e gostado) de Madalena”, até me assustei, pensei: Meu Deus, nunca provei isso, fui uma criança atípica! (rsrsrs). Ao ler a receita vi que se tratava da boa e velha torta de batatas aqui do RS! Amooooo… Faço sempre, coisa boa, né????
    Beijos!

  3. Marly disse:

    Oi, Orlando,

    Coincidentemnte, cheguei aqui neste dia especial! Parabéns e votos de muitas felicidades, amigo. E que o seu dia esteja sendo cheio de alegrias! Para mim é novidade, esse gratinado de batata e carne, ser chamado de madalena, rsrs.
    Madalena para mim era o bolinho do ‘Proust’, ou um outro, parecido com um muffin, aprendi mais uma, rsrs.

    Um beijo e feliz aniversário!

  4. Parabéns novamente chef. Logo mais farei um brinde com meus amigos em sua homenagem.

    Ao ler esta receita, me surgiu uma dúvida, existe diferença entre creme de leite e creme de leite FRESCO?

    grande abraço, obrigado por tudo!

  5. Meu deuuuus que delícia! a essa hora, já estou com água na boca!!!

    Parabéns pelo post Orlando

    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.