Pimentas

Stracciatella com Espinafre e Repolho
23 de julho de 2009
Bruce Henri & Villa’s Voz
25 de julho de 2009
Mostrar todos

Pimenta – A ardida que só faz bem!

pimenta-capa

Há tempos venho querendo postar sobre pimentas. Hoje, finalmente o Oba traz um pouco sobre estas frutinhas maravilhosas!

As pimentas, conhecidas e usadas mundialmente, inclusive pelos povos antigos, tornaram-se símbolo da culinária, título conferido com justiça por tudo que representou desde a antiguidade até os dias atuais.

Todas as pimentas são do gênero capsicum e contém a substância capsaicina, responsável pelo seu sabor picante. Quando as mastigamos, o cérebro sente a dor e libera a endomorfina, neutralizando esta dor e provocando um sentimento de euforia.

Cada pimenta tem uma sabor particular e nem todas são ardidas. Existe uma classificação que determina o grau de ardume de cada espécie, provocado pelos capsaicinóides.

As pimentas, além de realçar o sabor dos alimentos, tem várias funções benéficas à saúde: tem baixa taxa de sódio, pouquíssimas calorias e são livres de colesterol; armazenam potássio (preventivo de derrames) e estoques de antioxidantes betacaroteno, vitaminas A, E e C (o dobro das frutas cítricas).

Também atuam como vaso dilatador, prevenindo contra o enfarto e descongestionante nasal (aliviam o processo da sinusite). Pesquisadores da Universidade de Sussex, Inglaterra, descobriram que consumidas comumente as pimentas são eficazes medicamentos contra dor de cabeça e de dente.

No caso do estômago, descobriu-se que por estimular a liberação dos sucos digestivos, a capsaicina protege a mucosa contra danos provocados por ácidos e álcool. A adição de pimenta à comida estimula a salivação, neutraliza os ácidos e limpa os dentes, garantindo gengivas fortes e sadias.

pimenta

A seguir, passo um quadro com algumas das pimentas disponíveis no Brasil, com seu grau de ardume (entre parenteses) e indicação de uso na gastronomia.

Bode de Tapera (7) Peixes fritos, assados e ensopados
Cayena (5) Peixes fritos, assados e ensopados; Ceviche; feijão e lentilha
Cereja (3) Feijão e lentilha; filé de frango
Comari (6) Pirão de peixe ou carnes
Comari do Pará (6) Moquecas; peixes de sabor forte
De Cheiro (5) Moquecas; peixes de sabor forte; pirão ou carnes
Fidalga (6) Molhos vinagretes ou à campanha
Fogo (7) Pirão de peixe ou carnes
Habanero (9) Guacamole e taco; carne suína
Jalapeños (4) Ceviche; pizzas; batatas gratinadas
Malagueta (6) Moquecas; pirã de peixe ou carnes; guacamole e taco; molhos vinagretes
Murupi (9) Moquecas; peixes de sabor forte
Petter (7) Filé de frango
Piri-Piri (6) Carne de panela ou assada
Purpple (6) Pratos de sabor suave
Santa Fé (5) Ceviche; pizzas
Scotch Bonnet (10) Carne suína
Tabasco (6) Guacamole e taco
Vermelha ou Dedo de Moça Molhos vinagretes; carne de panela ou assada
Wax ou Inferno Ao forno; recheada com queijo e empanada

Esta tabela serve só como sugestões de uso. Você pode usar onde quiser, claro!
Gostaria de agradecer ao Sr. João Ventura, dono de 4 boxes no Mercado Municipal de Curitiba, onde você encontra mais de mil vidros de pimentas coloridas e cheirosas. Agradecer e indicar.
dsc03044
Fica a dica “quentíssima” do Oba! Se não houver contra-indicação médica, adote as ardidinhas!
Fonte da pesquisa: Os “druidas” na cozinha (Companhia das ervas)
Foto de abertura por Cherry Blossom do Cozinha é Poesia
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

3 Comentários

  1. Beth Gregório disse:

    Orlando, você saberia me dizer se essa pimenta verde da foto é a dedo de moça antes de “amadurecer”? Eu queria fazer uma receita que leva essa pimenta verde, mas é tão difícil de achar por aqui.
    Esse Mercado Municipal de Curitiba é tudo de bom, né?
    Pena que aqui não tem um desse nível.
    Beth.

  2. francisco Ricardo disse:

    Adoro pimentas são maravilhosas,queria adquerir todos os tipos de pimentas as fotos estão maravilhosas.parabens.

  3. tenho uma pimenta que vendemos fresca por 50,00 o kilo, mas não sabemos identificar, onde posso encontrar algo para identifica-la, sabemos que é ardida, manuseia-se com luvas e os olhos chegam arder ao mexer nela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.