Onde buscar boas refeições quando viajamos?

Quibebe com Carne Seca e Cebola Caramelada
25 de julho de 2013
Papos-de-anjo
26 de julho de 2013
Mostrar todos

Lembre-se que a viagem, em muitos casos, acaba sendo mais interessante que o destino em si!

Não sei vocês, mas eu tenho viajado bastante pelo interior do País, tanto no Paraná quanto em São Paulo.

panelas

Venda de Panelas e acessórios de cozinhas em Ivaílandia – PR

E sempre chega aquele momento crítico em que precisamos escolher um bom lugar para almoçar ou jantar, e quando não escolhemos com antecedência onde parar, fica mais difícil ainda escolher uma boa opção no escuro, não é mesmo?

Quando a cidade é maior e mais estruturada, você ainda pode correr para o celular e já sair digitando: “restaurantes no Centro do Rio de Janeiro“, muitas opções vão aparecer para vocês, com certeza, com direito a reviews, fotos e tudo mais dos lugares mais simples aos mais sofisticados. Grandes cidades, além das opções no centro, também oferecem “pólos” gastronômicos em outros bairros, um pouco mais afastados do centro, como é o caso do bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, que reúne diversos bons restaurantes ( de todos os padrões de exigência e para todos os bolsos) em um bairro a poucos minutos do centro.

Ultimamente não tenho tido esta sorte, próximo do horário do almoço, tenho passado por cidades muito pequenas, que não aparecem no Foursquare para fazer o check-in… com sorte consigo fazer algum check-in pelo Facebook. Então você corre pra onde nessas horas? Perguntar na rua já chegou a ser uma opção, mas em cidades pequenas, as pessoas ainda fecham o comércio no horário do almoço, encontrar alguém na rua é um artigo de luxo e a maioria das pessoas que você encontra na rua, não consegue dar boas informações também.

E como sair desse impasse? Tenho usado duas técnicas:

  1. buscar o centro da cidade para encontrar os maiores restaurantes:

Sim, em cidades menores, se arriscar em sítios, fazendas e chácaras, atrás de boas refeições, somente se a recomendação for muito boa, caso contrário, você pode acabar rodando muito para encontrar o trivial arroz, feijão, bife e salada, por preço de boas churrascarias. No centro das cidades o risco é menor, e você acabará atrasando menos a continuação da sua viagem.

           2.   maior concentração de carros na frente do restaurante:

Definitivamente isso ajuda bastante na hora de definir suas escolhas, normalmente você encontrará diversos representantes e vendedores externos nesses estabelecimentos, também encontrará prestadores de serviço da região, então se encontrar alguns carros logomarcados, você está no caminho certo. Estas pessoas transitam bastante pela região e acabam conhecendo todos os estabelecimentos da região, e elegendo as melhores opções.

Mas, mesmo assim, um pouco de sorte e risco é o que pode lhe fazer experimentar pratos deliciosos em lugares inesperados, não é mesmo?

Lembre-se que a viagem, em muitos casos, acaba sendo mais interessante que o destino em si!

Lembre-se que a viagem, em muitos casos, acaba sendo mais interessante que o destino em si!

Carolina Figueiredo
Carolina Figueiredo
Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *