La vie en rose

Cheese Cake com Geleia Caseira de Morango
16 de fevereiro de 2012
Santuário Nhundiaquara
19 de fevereiro de 2012
Mostrar todos

Doce surpresa.

A partir de hoje, o OBA Gastronomia conta com a colaboração de uma pessoa muito especial.

Fernanda Raquel Baumel, a Fefê, minha querida filha. Jornalista e sempre xodó do pai. Eis que resolveu criar asas e buscar seu sonho. Quem sabe o sonho de todos nós, ou da grande maioria de nós: morar em um paraíso, com quem gostamos, fazendo o que gostamos. É deste lugar mágico, a Praia do Rosa, em Santa Catarina, que a Fernanda irá nos mostrar toda a gastronomia existente por lá.

Confesso que foi um susto. Por mais distante que passamos durante tanto tempo, a Fer sempre esteve em meu coração. Fico feliz e orgulhoso em contar com minha filha neste espaço tão precioso para mim, que é o OBA.

Em sua primeira matéria, uma apresentação bacana desta minha eterna menininha. Nossos leitores , com certeza sairão ganhando e muito com as dicas que serão repassadas aqui. Santa Catarina possui uma das melhores gastronomias do Brasil. A Praia do Rosa é uma das mais lindas e badaladas deste imenso país.

Seja bem vinda, Fernanda. O espaço é seu.

Aloha, Lana’ii e nós – a doce vida na praia do Rosa

pai?

– oi querida, tudo bem?

– Tudo… to aqui no Rosa.

– que legal! até quando?

– ahm… vou morar aqui.

– Morar? Como assim?! Com quem?

– Aloha, Lana’ii e nós.

Tudo começou quando eu decidi morar na praia. Sim, sonho de careta, realidade de maluco. Assustei toda minha família e amigos quando compartilhei a notícia de que estava morando na praia do Rosa, trabalhando em um restaurante, namorando um surfista e tinha acabado de adotar duas filhotes de cachorro.

O plano? Fazer um diário de bordo aqui da doce vida no Rosa, conhecer todos os restaurantes da região e fazer um perfil de cada um deles, para vocês conhecerem também!

Espero que gostem das histórias.

Fernanda Raquel Baumel- Jornalista, pós graduada em marketing.

1-   MUDANÇAS.

Existe um provérbio que diz: o que se leva dessa vida é a vida que se leva.

Pois bem. Eu tenho mais de 30 pares de sapatos altos, bolsas de todas as cores, vestidos de festas, casacos de pele e inúmeras blusinhas para sair. Há dois meses eu uso roupas que cabem dentro de uma única mala. O fato é que, tudo o que está dentro do meu armário – tirando o valor afetivo – é dispensável na minha vida.

Eu achava, há dois meses, que felicidade poderia ser aquele vestido novo, aquele convite super difícil de conseguir para aquela festa super badalada. Eu não tinha medo quando as pessoas que eu não conhecia sabiam o meu nome – porque eu estava SEMPRE em todos os lugares.

Eu freqüentava a área vip, eu saía só por sair, eu agüentava pessoas fúteis a minha volta – até me dar conta de que eu estava me tornando uma delas. O mundo da imagem, do glamour é apenas um grande vazio, alegria sobre um castelo de vidro, prestes a quebrar.

Felicidade não é freqüentar as melhores festas, ter as roupas mais bonitas, ter o maior grupo de amigos, porque os de verdade, se somados, quase não fecham uma mão. Felicidade não é uma sandália Manolo, uma Channel. Isso é apenas mimo.

Para mim, felicidade é acordar e ver o mar todos os dias, é conseguir ver o céu estrelado porque não tem tanta luz, é não enfrentar o trânsito das 18h, é fazer panquecas de manhã (mesmo não tendo liquidificador em casa), é chegar em casa e ser recebida alegremente pela Lana’ii e pela Aloha (nossas labradoras com vira-lata, que nasceram em baixo do deck de onde eu trabalho). Felicidade é ganhar uma flor do Gui todos os dias, é se juntar com os amigos para sentar no deck, é ver a Lua nascer no mar.

A gente largou a cidade, largou o emprego e saiu de perto da família e amigos para vir morar na praia. Praia do Rosa. Nossa vida aqui é completamente diferente da que eu tinha  (quarto lilás, espelho grande, roupa lavada, comida pronta, café na mesa). Aqui é muito trabalho, mas é trabalhar na frente do mar.

Aqui é ganhar dinheiro para pagar a casa e para construir uma vida. Aqui tem barata de vez em quando, tem marimbondos e uma vez, um escorpião de baixo da cama. Tem um lagarto gigante no quintal de casa – porém, graças a Deus, onde tem lagarto não tem cobra. Em compensação temos uma casa que é a nossa cara, nossa vibe, e aos poucos vamos arrumando aqui e ali.

Aqui a gente dá valor às coisas simples, se desapega das coisas fúteis. Cada dia que passa aqui eu entendo mais o que é amor, cumplicidade, parceria. Enquanto eu escrevo da varanda do quarto, que tem uma linda vista para o vale, com minhas meninas dormindo do meu lado, eu agradeço por ter vindo e ficado. Aqui eu vivo, feliz da vida. Ainda amo um salto alto, mas estou feliz da vida… e de havaianas.

Panquecas sem liquidificador

Ingredientes

Meio copo de farinha, um copo de leite, uma pitada de sal, uma colher de sopa (generosa) de margarina.

Misture o leite na farinha peneirada, cuidado para não formar bolinhas. Adcione a margarina (mais fácil de estiver derretida) e o sal. Mexa com o (…) até dar consistência.

Esquente uma frigideira untada com pouca margarina, coloque uma concha da massa (fogo baixo) até ela não grudar em baixo, quando ela desgrudar, vire. O mais legal é quando você consegue virar a massa sem a ajuda de uma espátula ;D

Nós comemos as panquecas com banana, geléia e as salgadas com margarina, queijo e presunto. 

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

11 Comentários

  1. Crystal disse:

    Adorei ler seu post!
    Viver com simplicidade é um caminho certo e seguro com rumo à felicidade.
    Todos nós sonhamos em viver assim, muitas vezes o que nos falta é coragem!
    Beijão,Orlando!
    Te adoro demais!

  2. Claudia disse:

    Olá Fernanda…
    Simplesmente emocionante o seu post,incrível…Adorei !!! E é isso mesmo,emborra muitas vezes demoramos a entender que as melhores coisas da vida está no que existe de mais simples…Isso é tudo,SER FELIZ…Não existe dinheiro que pague os bons momentos da vida.
    Parabéns….Pela sua escolha e tenha a certeza que trocar 30 ou mais pares de sapatos ou as melhores roupas que possam existir,por alguns momentos de felicidade já é uma boa troca.
    Desta vida a única coisa que levamos são os bons momentos vividos…
    Parabéns Orlando pela filha que tens…
    Um abraço;
    Claudia

  3. Suzie Franco disse:

    Fer, minha menina linda que, ao que tudo indica, achou o seu caminho. Deixar os “saltos de lado” foi um grande pulo, um ato de amor e coragem. Tenho muito orgulho disso e muito me alegra essa linda e emocionante parceria Orlando e Fer, resgate de tempos idos e vividos com muito amor e cumplicidade. Cumplicidade esta que segue e se acrescenta: Gui.
    Parabéns, minha filha, pelo emocionante depoimento! Parabéns, Orlando,pelo site e pela carinhosa apresentação da nossa Fefê!!!

    Bjs

    Suzie Franco

  4. Vicente disse:

    Emocionante, do início ao fim. Da apresentação carinhosa do paizão Orlando ao depoimento sincero e apaixonado da Fer, que descobriu a beleza da vida simples. É bom demais te ver assim, Fer! E bom demais ver o sorriso de orelha a orelha de sua mãe, orgulhosa, com toda razão, da filhota que cresce e nos ilumina com seu amor pela essência da vida. Tudo indica que você encontrou seu caminho. De todo modo, seu quarto lilás continua aqui, pra sempre que precisar; se quiser pintamos de branco… hehehe!
    Em tempo: sempre achei que você fica linda de havaianas!

  5. Katia disse:

    Fer, AMEI tudo: seu depoimento, sua receita de panquecas mas, principalmente, sua coragem em ouvir seu coração, que é onde vem toda orientação Divina que precisamos para seguir nosso caminho. Poucas pessoas fazem isso, pois muitas acham que estão sendo emotivas, mas felizmente vejo cada dia mais pessoas agindo assim, e isso me deixa muito feliz, pois estou presenciando isso bem ao meu lado, atitude esta de uma pessoa que eu adoro! Embora não tenhamos muito convivência, você sabe que é especial para mim e eu gosto demais de você! E na minha opinião você pode ter “descido do salto”, mas subiu, e muito, em ver o que realmente tem valor na vida! Parabéns Fer e seja muito feliz! Beijo no coração! Katita

  6. Penha Saviatto disse:

    A vida da Fer, e a escolha de ser feliz, parece com a minha. Sucesso!!!!

  7. Paula Alvarez disse:

    Oi Fernanda!
    Adorei o post e bem vinda aqui!
    Quem me dera, sonho com essa vida tbm, sair de São Paulo, cheio de asfalto, poluição e cair na praia!!! Quem sabe um dia eu realize esse sonho não é mesmo?!!!
    parabéns e muita boa sorte!

    beijãozão*

    hmmm panquecassss…..

  8. Bruno Barros disse:

    Fer,

    É isso aí meu! Confesso que vim parar aqui por MUITA curiosidade em saber “que vida é essa?” depois de muitas fotos paradisíacas que tu vive postando.

    Cara, que legal as escolhas que fez. Tudo que você escreveu era a exata imagem que tinha de ti; uma curitibana da Lique – mas gente boa e com um quê de simplicidade.

    Mas lendo o que você escreveu vi que a baixinha aí é corajosa.

    VIDA longa à coragem!
    PARABÉNS por sair da Matrix!
    VIVER POR PROPÓSITO é um grande medo pra todos ainda.
    KEEP POSTING que eu vou te seguir.

    Daqui a 1 mês terei surpresa e vou te avisar com certeza!

    Dá-lhe ROSA!

  9. Aline disse:

    Olha..estava procurando blogs de gastronomia e descobri Oba Gastronomia…já havia adorado o blog e depois deste post, passei a AMAR.

    Sou de Santa Catarina, moro em Floripa, mas possuo casa no Siriú (próximo do Rosa). Tanto quanto vc gosto de salto, que são facilmente trocados por havaianas nos meus fins de semana em Garopaba.

    Quem sabe não tive essa mudança radical pois onde vivo, Floripa, tbm é nostalgico, tem o simples e o glamour…e sabendo dosar…tá tudo certo.

    Parabéns pela escolha…

    E, afinal, qual restaurante trabalhas?

    Beijos

    Aline

  10. Marcela disse:

    Ferzote!

    Adorei sua nova Page, mto mto sucesso pra vc, amiga!
    Realmente foi mta coragem a sua em sair de ctba, deixar várias coisas de lado e se mudar para o Rosa… Mas o Rosa é o Rosa, né? 😉

    Mto legal ver vc feliz, apaixonada pela vida e lutando pra fazer as coisas acontecerem!

    De todo o coração amiga espero q dê td certo aí! Vc é uma grande pessoa, (não em tamanho, hehehe, mas de coração) e eu realmente acredito e desejo de todo o coração que as coisas dão certo pra quem tem coragem e sabedoria em fazê-las acontecer!!!

    Beijo amiii!
    e me espere que eu vou aí visitar vcs!
    Fica com Deus, pq no paraíso vc já está!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.