Jiló

Azeite Vega Carabaña
21 de janeiro de 2010
Pizza
22 de janeiro de 2010
Mostrar todos

Jiló recheado com Carne-de-Sol e Queijo Coalho.

DSC04774

Hoje no Oba, o amarguinho gostoso e injustiçado: jiló.

Jiló é um pequeno fruto, com coloração verde-amarelada, parente da berinjela. Possui polpa esponjosa, cheia de sementinhas brancas.

O jiló é uma fruta amarga. Devemos tomar certos cuidados em seu preparo, para atenuar este amargor. Pode ser preparado de diversas maneiras. Frito, grelhado, cozido…e em diferentes cortes (chips, cubinhos, tiras, etc.). Uma bela forma de servir, você pode conferir AQUI, nesta bela receita (salada conserva de jiló) de minha amiga Cherry, do Cozinha é Poesia.

O jiló é muito consumido do estado do Rio de Janeiro para o norte do Brasil. Aparece em vários botecos tradicionais da boêmia carioca.

A receita apresentada aqui, é de jiló recheado com carne-de-sol e queijo coalho. Uma receita simples, para exaltar a rica culinária brasileira.

DSC04779

INGREDIENTES (4 porções, como tira-gosto)

8 jilós

100 g de carne-de-sol desfiada

50 g de queijo coalho picado

1/2 cebola picada

1 dente de alho picado

Cheiro-verde à gosto picado

Pimenta-do-reino moída na altura

1 colher (sopa) de óleo de girassol

PREPARO

Deixe a carne-de-sol de molho em água por 24 horas (troque a água 4 ou 5 vezes). Cozinhe em panela de pressão, por aproximadamente 1 hora (ou até estar macia). Desfie com as mãos e reserve.

Abra uma tampa em cada jiló. Com o auxílio de uma colher, retire a polpa e reserve. Polvilhe sal generosamente dentro de cada cavidade e deixe escorrer virado para baixo por 1/2 hora. Este método recebe o nome francês dégorger. Ele ajuda a atenuar sabores fortes em alimentos. É muito utilizado em berinjelas e pepinos. Depois de escorrido, lave muito bem e coloque em água fervente por 5 minutos. Retire e reserve.

Aqueça uma frigideira e coloque o óleo. Adicione a cebola e o alho e refogue brevemente. Junte a carne-de-sol e cozinhe por 5 minutos. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco. Junte o queijo coalho, o cheiro-verde e um pouco da polpa dos jilós, picada.

Arrume os jilós em uma forma untada e preencha as cavidades com o recheio. Leve ao forno pré-aquecido e deixe assar por 10 minutos.

Sirva acompanhado de molho de pimenta e uma boa cachaça envelhecida.

DSC04781

Tendo certos cuidados, como degórger, o jiló é uma delícia. Um ingrediente que merece mais consideração e um lugar mais cativo na mesa dos brasileiros. Vale a pena experimentar.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

6 Comentários

  1. Carol disse:

    Olha, Jiló servido dessa maneira eu até que arriscaria comer.

  2. André disse:

    campeão de sabor entre os comensais boêmios… acompanhada de uma cerveja e algumas pingas.. show

  3. lidia disse:

    Fiz e é simplesmente delicioso! Os cervejeiros a-do-ra-ram! Parabens!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.