Flor de Alho

Fantásticas coisas simples.

Alho para quem acha que não gosta de alho.

Existem coisa tão simples, tão lógicas, que pensamos em como não descobrimos antes. Como uma música, que depois que escutamos, pensamos em porque não fui eu que fiz.

Alho, este eterno demarcador de fronteiras. Ou gosta, ou odeia, da maneira mais odiosa de odiar. Um dos principais ingredientes  da famosa dieta mediterrânea. Para mim, o Rei dos Temperos. Não concebo comida sem alho.

Mas, quem sou eu para mudar o conceito de quem odeia o alho…

Porém, e sempre tem um porém, tentem fazer assim. Uma flor de alho. Cabeças (não sei de onde tiraram este termo) de alho assadas lentamente em forno, sem pressa nenhuma.  Aproveitando seu forno com seu seu assado de carne…

Nada de muito sofisticado. Mas, olhem a foto e me contem. Isto é sofisticado. Simples e charmoso.

Podem apostar: 1 hora de forno baixo, 1 cabeça de alho aberta…um dos melhores molhos que conheço.

Tentem misturar a polpa cremosa com caldo de carne, aquele que ficou grudado na panela. É inesquecível!

Uma dica para guardar!

Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Este post tem 6 comentários

  1. sensacional, chef. sensacional.

  2. Divino e inesquecível… não sabia que era tão simples o preparo… não vai nem um pouco de azeite de oliva ou sal?

  3. É tão simples que gera dúvidas orlando, rsrsrsrs, é literalmente só jogar a cabeça de alho no forno?

    abraço

  4. Esta preparação é muito boa, porem costumo fazer uma “bolsa” de papel alumínio onde sempre boto um pouco de azeite de oliva, uma erva aromática (geralmente a mesma que usei para temperar a carne [sempre sirvo junto com uma carne assada] sugiro alecrim ou tomilho) e uma pitada de sal.

    fica a dica.
    um abraço

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu