Hoje nosso advento chega ao fim. Alguns posts atrás, falei sobre a magia da continuidade e da constância. O fim é só um ciclo natural e o tempo uma medida usada para demarcar infinitos. Nossa essência segue constante e adiante, velhos e novos ciclos chegarão ao fim e o novo, mesmo que muito parecido, nos encontrará sempre diferentes, um pouco mais crescidos, mais sabidos… Se soubermos reconhecer os sinais que a alma dá, saberemos a hora, a rota, quem serão nossos amigos e amores e onde nossos sorrisos encontrarão abrigo e espaço para viverem livremente. Somos a soma de todos os dias do ano, e não dos anos todos esquecidos por um dia.

Foi lindo e desafiador estar todos os dias no ar. Assim como o advento religioso que prepara os corações dos seus para o nascimento, esse advento maluco me preparou para o novo. Feliz e amoroso Natal a todos vocês, muito obrigada pela paciência! 

Este post tem um comentário

  1. Foi lindo! ❤

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu