Feijoada Dona Cacilda – Puinas Bar

Sábado fui conferir de perto a Feijoada Dona Cacilda, aqui no Puinas Bar, em Santa Felicidade. Apesar de ser um bairro essencialmente italiano, a feijoada servida no Puinas é daquelas coisas de admirar demais. Concorrendo ao Prêmio Bom Gourmet deste ano, a feijoada é realmente um espetáculo, digna das melhores feijoadas de hotéis da cidade, mesmo tendo um staff bem mais reduzido.

O show todo está nas mãos do Cleber Túlio, que comanda a cozinha todos os sábados. Um trabalho hercúleo. Não é qualquer lugar que oferece mais de 35 acompanhamentos para uma feijoada, indo do Mandiopã (sim, ele mesmo), passando pelos indispensáveis torresmos, ate chegar na paleta assada pururuca. É uma festa para os olhos e para o apetite.

O Puinas Bar é bem tradicional no bairro de Santa Felicidade, sempre prezando pela boa comida e bom atendimento. A parceria com a Feijoada Dona Cacilda vem de longa data e merece continuar por muito tempo.

Convidei o Cleber para contar um pouco mais sobre a história desta feijoada, um prato brasileiro demais e que nas mãos de uma italiana, em um bairro de italianos, aproxima mais o Brasil do Pais da Bota.

Eu e Cleber Túlio

Com receita de família, feijoada em Santa Felicidade tem 35 acompanhamentos. Servida aos sábados, a Feijoada Dona Cacilda vai muito além da couve e da laranja. Feijoada Dona Cacilda é servida aos sábados no Puina’s Bar em Santa Felicidade.

Há 12 anos, o tradicional Puina’s Bar em Santa Felicidade ganha um grande aliado de encher a casa aos sábados. O buffet livre custa R$ 39,90 por pessoa. A receita da feijoada é da dona Cacilda Gonçalves de Araújo Túlio, que comandava os fogões até falecer em 2017. Agora, o legado passou para o seu filho, Cleber e o seu marido, Anacleto.

“Dona Cacilda, nascida em Antonina PR ,aprendeu a cozinhar em grande quantidade, porque a família de seu marido era de italianos, a casa estava sempre cheia. A receita da feijoada sempre atraindo ainda mais gente para comer”.

O buffet é farto e não faltam opções – vai desde os tradicionais couve e laranja, passando pelo espetinho de queijo coalho, mandioca frita, banana à milanesa, linguicinha, calabresa acebolada, bacon frito e até yakitori, um espetinho de barriga de porco com molho oriental.

“Nós tentamos pegar um pouco de cada culinária”, Entre as opções também está o famoso mandiopan, que atrai o paladar dos mais nostálgicos. Outro acompanhamento de sucesso é o torresmo defumado. “Chegamos a fazer 50 quilos por sábado”, e os espetinhos de queijo coalho chegam a 600 unidades.

Tudo na Feijoada da Dona Cacilda é feito ali mesmo – desde a paleta de porco assada até os molhos de pimenta que acompanham os diferentes tipos de feijoada. O prato principal vem em três versões diferentes: a Senzala, que é preparada com pé, orelha, rabo de porco e courinho defumado, a Tradicional, que, além destes ingredientes ainda leva costelinha e carne seca, lombo, e a Magra, que leva apenas costelinha de porco, lombo e carne seca. Também há diferentes opções de caldinhos de feijão e bruschettas para a entrada e um buffet de sobremesas para completar.

A Feijoada Dona Cacilda é servida somente aos sábados, das 11h30 às 15h30. Ao ambiente tem música ao vivo, mas não é cobrado couvert artístico.”

Mais algumas imagens para vocês se deleitarem.

Feijoada Dona Cacilda – Puinas Bar

Sábados a partir das 11:30 hs.

Av. Ver. Toaldo Túlio, 1136 – Santa Felicidade, Curitiba – PR

Tel.: (41) 3022 1968

 

 

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: