Ervas e Especiarias IV

PARABÉNS ESTÔMAGO!
16 de abril de 2009
Palmito com Espuma de Pepino e Iogurte
18 de abril de 2009
Mostrar todos

Ervas e Especiarias IV

Depois de uma quinta feira dedicada ao filme Estômago, voltamos ao tema Ervas e Especiarias, lembrando quie estas matérias também acontecem no Cozinha é Poesia!

                                                                                                            CRAVO

images-41Originário das Filipinas e Ilhas Molucas, o cravo-da-Índia era utilizado há milênios , na Índia, para a preparação de perfumes e também como tempero. Encontra-se em pó e inteiro; é constituído pelos botões de flores de uma árvore e tem aroma doce e forte. Foi uma das especiarias tão desejadas pelos europeus, pois era uma raridade. Depois que Vasco da Gama descobriu o caminho para as Índias é que começou a ser importado. Posem ser usados em doces de compota, pudins, bolos, pães, vinha d’alhos, peixes, molhos chutney, entre tantos outros.

                                                       COMINHO

images-42Originário do Egito e do Mediterrâneo, hoje é cultivado no mundo inteiro. É encontrado em pó e grãos. Tem um sabor particularmente forte. O Cominho em semente é colocado sobre pães, em saladas de batatas ou de repolho. O Cominho em pó é muito usado para temperar feijão, picadinhos e toda uma séria de pratos salgados. Faz parte de diversas misturas condimentares, como o Curry indiano e o Ras-el-hanout dos árabes. O Cominho é um dos ingredientes principais usados na confecção do Barreado, prato típico do Estado do Paraná.

                                                                                                                    CÚRCUMA

images-432Erva originária das Índias, usada para dar coloração amarela aos alimentos. Também é conhecida como Açafrão-de-raiz, Açafrão-do-Amazonas e Gengibre dourado. Possui um aroma penetrante e sabor ligeiramente amargo, almiscarado. Suas raízes são vendidas secas ou em pó. É usada em ensopados, sopas, peixes, mexilhões, molhos e arroz. Entra em boa quantidade em misturas como o Curry. A palavra Cúrcuma vem do árabe. Foram eles que levaram esta especiaria para a Europa. 

 

                                                                            ENDRO

images-441Planta originária de Ásia. Tem folhas finamente divididas em segmentos, presos a talos verde e flores amarelas, pequenas. O Endro tem sabor suave, lembrando vagamente a Alcarávia. As sementes secas têm um aroma acentuado e ligeiramente amargo. O Endro fresco pode ser usado em peixes, batatas cozidas, ensopados, repolho, molhos de salada e maionese. Os grãos moídos temperam bem torta de maçã, biscoitos e folhados. Utilizam-se os grãos inteiros em conservas. É muito utilizado na culinária Escandinavia. Aqui no Brasil é também chamado de Aneto.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.