Bienvenue, Tereza!

Molho de cogumelos com NoMU
13 de setembro de 2010
Risoto de camarões, cogumelos e espinafre.
15 de setembro de 2010
Mostrar todos

La Cigale – Nantes.

A querida Tereza Ratts estréia definitivamente no Oba!

Tenho o maior orgulho de todas as pessoas que colaboram com o Oba. A  Laura, sempre falando bacana sobre azeites; a Cassiana, com suas notas especiais sobre vinhos; a Maria Alice, com super dicas sobre nutrição; minha linda Fal Azevedo e suas crônicas maravilhosas.

E agora, a Tereza Ratts, com seu olhar especial, nos trazendo uma visão única deste país tão especial, a França. A Tereza, falando da terra natal de Julio Verne ( o cara nasceu lá mesmo…). Mostrando o jeito francês de viver, costumes, manias, lugares maravilhosos, comidas fantásticas…e tudo visto com um olhar brasileiro, um olhar genuinamente brasileiro. Um olhar do Rio Grande do Norte, olhar sensível e acompanhado por um texto encantador.

Um dia me falaram que um post com muitas imagens não é aconselhável. Mas eu confesso, é impossível deixar esta coluna com poucas imagens. Como viajar sem imagens? Verão o porque…

Deliciem-se com a França de Tereza Ratts!

Bonjour, amigos.

Que tal começarmos nossos passeios em grande estilo?

Conheçam aqui na minha cidade, Nantes, o nosso “restô” predileto –onde comemoramos as datas e ocasiões mais importantes e especiais de nós dois (eu e Fran): o La Cigale.

Inaugurado no ano de 1895, esta obra de Art Nouveau do arquiteto e ceramista nantês, Emile Libaudière, é o lugar ideal para quem quer temperar com arte e requinte” e transformar em chic e charmosa qualquer refeição, seja café da manhã, almoço, chá das cinco ou jantar.

Recanto de artistas e intelectuais – há quem considere o espaço como um “anexo” do Théâtre Graslin, que fica exatamente em frente ao restaurante, no coração de Nantes – o La Cigale tem uma decoração riquíssima e impar.

Associa esculturas de madeira às pinturas sobre cerâmicas (feitas pelo próprio Libaudière), tapeçarias, afrescos, vários vitrais que juntamente com uma iluminação bem particular, produzem luzes multicolores, que através de espelhos muitíssimo bem posicionados, refletem nas cerâmicas e peças de arte, criando novos e incríveis efeitos e detalhes nas peças.

Sem dúvida alguma a iluminação do “restô” tem um papel importantíssimo na ambientação. Ela imprime ainda mais charme e romantismo à atmosfera encantadora e envolvente do lugar.

Ir ao La Cigale pode ser (e é) considerado um programa turístico quase obrigatório, porém está longe de ser “comum e/ou populesco”. O menu à la carte tem preços considerados bem altos e a carta de vinhos tem verdadeiras jóias/preciosidades, que custam como tal.

Mas para tornar o restaurante mais acessível e também atrair o publico jovem e apreciador de excelente gastronomia, foram criados os chamados “menus-formule”, opções com entrada, prato principal e sobremesa, com preços mais acessíveis (3 opções de valores).

Para acompanhar, existem também os vinhos da casa, que vêm em garrafas personalizadas de 500 ou 750 ml, que custam pouco, são selecionados por profissionais da casa e bastantes saborosos.

Também criaram o mesmo sistema para o chá da tarde, com bebida quente, acompanhamento (um doce ou salgado deliciosíssimo e uma porção de torradas).

Durante o verão, o La Cigale estende-se até às suas calçadas, colocando mesas muitissimo ornamentadas com flores da estação, guarda-sois e um menu com saladas maravilhosas e pratos leves, combinando com os dias quentes e ensolarados.

Não importa em qual hora do dia se escolha para ir ao La Cigale. O mesmo espírito de servir bem, conhecido e renomado desde o século 19, juntamente com o ambiente Art Nouveau, tornarão o momento mais que especial. Eu ouso dizer: inesquecível. Algo como estar dentro de um quadro de Lautrec, erguendo um brinde ao savoir-vivre.

Para VER e SABER mais: http://www.lacigale.com/index.php?/Accueil/Accueil/cest-le-jour-et-la-nuit/id-menu-1.html

Faça a visita virtual : http://is.gd/f93St

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

6 Comentários

  1. Drika disse:

    Tereza é assim: encantadoramente empolgada! Onde toca deixa carinho, por onde passa carrega impressões delicadas que adora repassar… compartilhar. Eu só posso agradecer!

  2. Parabéns a Tereza pela inteligência e humor de sempre, e para o site (já adicionado aos meus favoritos) pela aquisição. Passarei a acompanhar com atenção as novidades desta espaço. Abração!

  3. Mariana disse:

    Fantástica essa visão nordestina da cultura francesa. Preciosos comentários que me fizerem querer sair daqui do Brasil e imediantamente aportar em Nantes. Oportunidades não faltarão! Muito sucesso à Tereza e, ao site, parabéns pela ‘aquisição’…

  4. Quando fiquei sabendo q teríamos uma colunista escrevendo direto da França, já fiquei muito emocionada! Mas abri estas fotos e chamei minhas colegas (designers e amantes de gastronomia como eu) para espiar este post. Gente, isto é maravilhoso, uma jóia, assim como outros lugares maravilhosos na França. Parabéns e Seja Bem Vinda!

  5. Tereza Ratts de Ratis disse:

    Estou muitissimo agradecida e feliz pelos comentarios que vêm de toda parte.
    Partilhar minhas emoções, meus momentos, os lugares e a forma como eu vejo e vivo tudo isso é intensificar e guardar de forma ainda mais especial, estas memorias. Revivê-las.
    Uma outra coisa que muito me alegra é mostrar uma França que não seja apenas Paris. Que não seja apenas a encontrada/divulgada em postais e souvenirs, nem em através de pacotes turisticos.
    A França milenar presente em cada dia. A riqueza e grandeza presentes nos pequenos e simples detalhes, que são muitas vezes o segredo de tanta magia e encantamento desta terra e deste povo.
    Coco Chanel fundamentalizou e tornou sucesso absoluto, sinônimo de elegância e bom gosto, a sua griffe, através da frase: “menos é sempre mais”. Francesissima, ela, provou – e prova até hoje – que a receita do savoir-vivre francês estende-se a muitos dominios.
    Me despeço por hoje e agradeço mais uma vez pelo passeio que demos juntos. Até a proxima!

  6. Tereza Ratts de Ratis disse:

    E mais um link para mais fotos deliciosas! —> http://is.gd/gosc4n UMA DELICIA da belle-époque !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: