Bambá de Couve

Crèpes
22 de agosto de 2011
Moranga Caramelada
24 de agosto de 2011
Mostrar todos

Tradição mineira.

A culinária mineira é pródiga na simplicidade, sabor e fartura de seus pratos.

Uma culinária rica, preservada pelos mineiros e apreciada em todo o Brasil. Comida de fazenda, de acampamentos tropeiros…comida para ser degustada vagarosamente.

O milho, principalmente na forma de fubá, é um dos ingredientes mais versáteis na cozinha de Minas. Logo de manhã cedo, ele está presente em boa parte das mesas do interior mineiro. Lá, os acompanhamentos do café da manhã são chamados de quitandas. Em forma de doces, biscoitos,  sonhos e broas, o milho reina absoluto no despertar de Minas Gerais.

Como acompanhamento de pratos salgados, o fubá origina vários pratos tradicionais. Com frango ensopado,é o Xororó (tradição do norte de Minas), por exemplo. Com couve rasgada e carne de porco, é a receita que trazemos aqui, Bambá de Couve. Em duas versões: mais consistente e como um caldo . Na forma de caldo, Bambá de Couve era tradiciomalmente servido após as serenatas, em Ouro Preto.

Eu modifiquei um pouco a receita. Coloquei cebolas em fatias finas (na forma tradicional, ela é picada) e adicionei ovo cozido, além do ovo da mistura. Para o caldo, utilizei Torresmo. Você pode fazer do jeito original, sem o ovo cozido e apenas com o paio.

INGREDIENTES        (6 pessoas)

2 paios grandes, em rodelas

1 maço de couve, com as folhas rasgadas e sem o talo duro

1 litro de água mineral (ou caldo de carne)

1 xícara de fubá

1/2 cebola, cortada em rodelas finas

1 ovo cozido, em rodelas

1 ovo

1 colher (sopa) de banha de porco (ou óleo)

Sal à gosto

PREPARO

Aqueça uma frigideira e coloque a banha. Frite o paio até dourar. Retire e na mesma panela, refogue a cebola ligeiramente. Reserve.

Coloque a água (ou caldo) em uma panela funda e aqueça até levantar fervura. Vá despejando o fubá aos poucos. Adicione a  couve e continue  mexendo. Deixe cozinhar por 10 minutos e coloque o ovo inteiro, mexendo bem para tudo se incorporar. Tempere e sirva.

Se optar por uma consistência mas rala, como para um caldo, não deixe a mistura engrossar. Sirva em cumbucas, guarnecido com torresmo.

Se a escolha for uma guarnição mais firme, deixe a mistura engrossar mais. Coloque em uma travessa e adicione a cebola e as rodelas de paio por cima.

A culinária brasileira é uma das mais ricas do mundo. Dentro deste país continental, a cozinha de Minas sobressai como uma das mais saborosas e mais apreciadas por todos os brasileiros.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

2 Comentários

  1. sonia do rocio disse:

    eta receita boa so

  2. So louco pra fazer esse prato. Ele tem muita história pra contar numa mesa. Dá pra degustar bem devagarinho, com uma boa cerveja do lado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *