Caçarola do Joca – Antonina

Home / O Oba visitou! / Caçarola do Joca – Antonina

Imperdível!

Uma portinha pequena, linda, em frente a Baia de Antonina, esconde um dos melhores restaurantes de frutos do mar que já fui.

Desde o Bar do Arante, em Florianópolis, não comia um peixe tão gostoso. Pode parecer exagero, mas não é. Faltam adjetivos para expressar a delícia de comida que é servida no Joca.

Vou deixar a história por quem conhece. Compartilhada direto da página do Joca, no Facebook.

Há 30 anos, vindo da Capital Paulista, o JOCA desembarcou na bucólica Antonina. Ao chegar nesta encantadora cidade conheceu a Jurema, com o qual teve duas Filhas: Ramsa e Jamylle. 

A oportunidade de se tornar do Dono do Restaurante, na época chamado apenas de “Restaurante Caçarola”, surgiu em 1980, quando a fundadora proprietária do estabelecimento, a Belga Jeanine, desistiu do empreendimento. Diante deste cenário o Paulistano JOCA visualizou uma grande oportunidade de negócio. Em 20 dias, o Sr. Alcobas fechou o negócio – ” Parecia que estava destinado a mim, pois mesmo com a variedade de ofertas, a Sra.Jeanine só realizou a venda quando eu aceitei a ficar com a Caçarola” – diz ele. 

Em janeiro de 1981 o lugar agrupou o nome do novo proprietário e passou a se chamar Caçarola do Joca – “Os cinco primeiros anos foram difícies, pois houve o desafio de lidar com a cultura do lugar, fornecedores, com o negócio em si” – lembra ele.
Mas como tudo parecia estar destinado, o sucesso também estava ao seu lado, bem como a mágica gastrônomica da Dona Jurema. A informalidade do lugar, a conversa amigável e franca do Joca, as peculiariedades da decoração foram tomando destaque e consequentemente o lugar foi chamando a atenção e se tornou um ponto de referência no Litoral do Paraná.

O Joca contava que o segredo da Caçarola do Joca é: Fazer a comida com Arte e Amor, além de receber todos com muito carinho. 

Joaquim Carlos Alcobas “JOCA” (in memória) – um Paulistano (Paranaense de Coração) que se rendeu aos encantos e a simplicidade da histórica Antonina.

Hoje o Caçarola do Joca é tocado pelas filhas, Jamylle e Ramsa. E com que competência e simpatia. Cativante, de não querer mais ir embora!

Ramsa, Eu e Jamylle

O Caçarola é um lugar mágico. A começar pelo papagaio que faz a recepção, o Girico. Um presente recebido de cliente há mais de 20 anos. As paredes são cheias de tudo quanto é tipo de enfeites que podemos imaginar. A grande maioria, mimos dados pelos frequentadores.

Começar a refeição no Joca não poderia ser diferente. Depois de ouvir dizer que a Casquinha de Siri é a melhor de todo o litoral paranaense, tinha de ser por ela. E posso afirmar: é dos Deuses. Nunca provei uma Casquinha tão maravilhosa. Somente carne de siri, não aquelas massas indecifráveis que costumamos ver por aí. Carne desfiada, um tempero perfeito e um molhinho de pimenta fantástico. De querer provar sempre.

Casquinha de Siri do Joca - Fantástica

O Caçarola do Joca não serve apenas frutos do mar. Como convém a quase todos os restaurantes desta parte de nosso estado (Morretes, Antonina e Paranaguá), lá você encontra o Barreado, para quem não é adepto de pescados.

Servido em cumbucas para duas pessoas, acompanhado de arroz, farinha de mandioca e banana, o Barreado do Joca faz bonito.

Mas, eu estava no Joca, onde frutos do mar são tratados com todo o respeito que merecem. Onde os fornecedores são os mesmos desde o começo. Onde a comida servida é preparada quase como um ritual. Tinha de comer pescados.

Entre pratos de peixes (pescada, côngrio, linguado, salmão e bacalhau) e pratos de camarões preparados das mais diversas formas, optamos pelo Peixe Grelhado da Casa. Você escolhe o peixe e ele vem acompanhado de uma salada mista fresquíssima, camarões à milanesa, molho de camarões e arroz branco. O filé de peixe pode ser à milanesa, se preferir.

O prato é uma coisa de louco. Uma maravilha. Nossa opção foi o linguado. Um filé alto, fresco, suculento, difícil de encontrar até em restaurantes mais sofisticados. Para saber como é, só comendo. É indescritível.

Conhecer o Caçarola do Joca foi uma das maiores surpresas e alegrias que tive nos últimos tempos. A simpatia da Jamylle e da Ramsa é de  encantar. O atendimento sorridente da Narrymann é uma graça.

A comida já foi descrita acima. Se algum dia vierem a Antonina, não deixem de conhecer o Caçarola do Joca. É totalmente imperdível. Está no rol dos meus preferidos.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Exibindo 9 comentários
  • Ana Maria
    reply

    Simplesmente maravilhoso!!!

  • ROBERTO TAQUES DE NEGREIROS
    reply

    sem dúvida, o melhor restaurante especializado em frutos do mar no litoral do Paraná, e num raio de 100 Km. de Curitiba!

  • Leo
    reply

    Deu água na boca com estas fotos heim! O nome do restaurante é bem marcante. Vou ver se consigo dar uma passada por lá quando for ao Paraná.

    Parabéns!

  • Washington Takeuchi
    reply

    Depois de décadas morando em Curitiba e de conhecer no litoral apenas as praias, Paranaguá e Morretes, decidi finalmente conhecer Antonina, com o objetivo de fotografar a cidade para o meu blog. Procurando um local especial para comer e tendo dificuldades em achar um site dedicado a Antonina e sua gastronomia, felizmente achei esse blog e essa resenha excelente!
    Pois bem, o Caçarola do Joca vale cada centavo! O lugar é muito charmoso, o atendimento é simpático (demorado em função de uma mesa com umas 12 pessoas ao nosso lado), tudo é muito fresco e delicioso! Como diz a resenha, há muito não comia um peixe tão gostoso. Pedimos exatamente o que foi recomendado aqui e agradeço muito!!
    Único problema é o calor que faz no nosso litoral nessa época e o fato do restaurante não ter ar-condicionado! Facilmente resolve-se isso indo em outra época do ano, fácil para nós que moramos bem perto! Voltaremos muitas e muitas vezes!
    Parabéns pelo Oba!
    Abraço.

  • SERGIO T PRESTES
    reply

    Estivemos hoje 25.11.2012, com toda a familia, neste belo local, aonde o atendimento é algo que nos chamou a atenção pela gentileza e sem falar nos pratos super bem elaborados , fomos frequentadores assiduos de nosso litoral, principalmente a querida cidade de Antonina, esta foi nossa primeira visita, e voltaremos o mais breve possivel, parabéns pelo local.

pingbacks / trackbacks

Comente