Vaca Atolada e o Fruto da Casa

Fundos de Alcachofra a Parmegiana
20 de maio de 2015
Tagliolini com Alho e Brócolis
22 de maio de 2015
Mostrar todos

Sou um tanto avesso a temperos prontos, industrializados. Acho o sabor artificial, a quantidade de sódio exagerada e quando tem glutamato monossódico, nem passo perto. Reconheço que a falta de tempo às vezes faz com que as pessoas optem por usá-los, mas sempre levando em conta um ingrediente mais perto do natural possível.

Convidado a experimentar um produto que está entrando no mercado agora, esqueci um pouco minha birra e fui à luta. O produto é o Tempero Completo da Fruto da Casa. Confesso que me surpreendeu. Usei uma quantidade pequena na receita de Vaca Atolada e o resultado foi um sabor bem suave, bem natural e agradável.

Tempero

Este tempero que experimentei tem em sua composição orégano, sal, alho, pimenta, louro, manjericão, manjerona, salsinha, coentro, pimenta calabresa, urucum, alecrim, cominho, cebolinha e noz moscada. Por mais que possamos pensar que o sabor será “explosivo” pela quantidade de ingredientes, podem apostar que isto não ocorre. Se fosse para indicar alguma marca de tempero pronto, com certeza a Fruto da Casa seria lembrada. Na Vaca Atolada funcionou muito bem.

Vaca atolada

Para preparar a receita, substitua os temperos da receita por 1 colher (sobremesa) de Tempero Completo Fruto da Casa com urucum.

Aprenda a preparar uma deliciosa Vaca Atolada.

Para saber mais sobre os temperos, aqui no estado do Paraná o representante da marca Fruto da Casa é a Qualitá Representações e Comércio, do Juarez de Lima Almeida. Você pode entrar em contato com ele através do (41) 9686-9260 / (41) 3082-7899.

Print Friendly, PDF & Email
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

1 Comentário

  1. Agradeço ao amigo chefe Orlando Baumel e também Carolina Figueiredo pela nota e elogios sobre os produtos do Fruto da Casa no site Oba Gastronomia! Um dos sites mais visitados do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: