Um toque de Oriente

Paglia e Fieno, Funghi e Jamón Serrano
13 de setembro de 2013
Taça de Chocolate Branco com Morangos e Ganache
16 de setembro de 2013
Mostrar todos
Monte Fuji - Japão

Monte Fuji - Japão

Hoje vou trazer um pouco do Oriente para dentro do OBA. A cultura oriental é costurada com muitos simbolismos, e a refeição também tem seu toque de simbólico, mesmo para nossa cultura .

Dentro do que nos separa da cultura oriental, um dos itens mais simbólicos é o Hashi (no que se refere a comida, certo?). Quem nunca usou tem medo, receio de aprender a usar e alguns nunca se acostumam. Mas trago aqui um Hashi repleto de emoções e história:

hashi - matsumi

hashi – matsumi

Não é lindo, porém moderno? E daí você vai me perguntar qual a história desse hashi, para que você possa concordar comigo quando falo da quantidade de significados por trás de uma peça oriental? Cada Hashi tem esse “tricô” individual, feito a mão na cidade de Ehime no Japão e que deve ser lavado a mão; cada tricô é produzido em 7 cores diferentes. Aí você vai me dizer que você já usa Hashi desde pequeno e que não precisa de “nenhuma cordinha” pra segurar seus Hashis e que o “tricô” não é nada oriental…

Essa “cordinha e tricô” significam que o “ato de comer é de coração para coração”. Não é lindo isso? E o dita “cordinha e tricô” é feito de papel de seda, que passa por um processo artesanal, no qual ele é torcido,  colado, e ele é seco totalmente tensionado até formar uma espécie de fio, que é usado para fazer todos os detalhes deste Hashi.

Porcelana também é um assunto que os orientais, principalmente os japoneses, têm grande conhecimento e lindos exemplos, trago para vocês esta peça:

travessa kuji

travessa kuji

Esta travessa reúne características clássicas da porcelana japonesa, como o uso da cor azul, a pintura antes da vitrificação (que confere aquela sensação de efeito tridimensional ao desenho), e adoção de motivos florais característicos de período clássicos da arte japonesa como o Nabeshima. Ao mesmo tempo, esta peça adotou o fundo escuro, ao invés do branco tradicional, esta opção trouxe dramaticidade e profundidade para o grafismo adotado, aumentando ainda mais o destaque da peça sem falar da modernização do estilo. Saiba mais no nosso quadro no final do post.

Para finalizar o post de hoje, reuni em um único acessório: um hábito e um ícone:

chaleira Iwachu

chaleira Iwachu

O ritual do chá  e as flores de cerejeira estão reunidas nesta chaleira de ferro fundido com interior preto esmaltado.  Tem capacidade para 650ml. Cerejas vermelhas reluzem por sobre o ferro pintado a mão.  Este tipo de chaleira é chamada de Tetsubin, que são tradicionalmente produzidas na cidade de Morioka no Japão. Esta peça em especial é produzida por Iwachu.

Saiba mais sobre o Mizuhiki, o Kintsugi e o Tetsubin clicando nas tags abaixo:

[tabgroup] 1 1 1 [/tabgroup]

Bom domingo! Aproveitem!

Monte Fuji - Japão

Monte Fuji – Japão

 

Print Friendly, PDF & Email
Carolina Figueiredo
Carolina Figueiredo
Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: