Restaurantes Brasileiros no Guia Michelin – 2018

Schornstein lança Soul em long neck transparente
2 de Maio de 2018
  Edição 2018 do Road Show Inovini
10 de Maio de 2018
Mostrar todos

Ganhadores de 2 estrelas Michelin. Foto Alê Virgilio.

Por mais de 90 anos o Guia Michelin é reconhecido como uma referência na gastronomia mundial, tendo premiado o primeiro restaurante em 1926. Formado por uma equipe anônima, cada guia aplica métodos rigorosos de avaliação usados por Michelin por décadas, onde cinco critérios são avaliados. São eles qualidade dos produtos, preparo, sabor, personalidade do chef revelada em suas criações, valores e consistência do menu.

Foi lançada ontem, no Hotel Unique, a nova edição do Guia Michelin 2018, edição Rio de Janeiro e São Paulo e a festa premiou ganhadores de uma e duas estrelas:

Ganhadores de 1 estrela Michelin. Foto Alê Virgílio

Ganhadores de 1 estrela Michelin. Foto Alê Virgílio

E os ganhadores de duas estrelas Michelin: Alex Atala, Geovane Carneiro, Felipe Bronze e Ivan Ralston:

Ganhadores de 2 estrelas Michelin. Foto Alê Virgilio.

No Rio de Janeiro, o Oro é o primeiro restaurante da cidade a conquistar duas estrelas Michelin.  Em São Paulo, quem também levou a segunda estrela foi o restaurante Tuju, além do Dom, comandado pelo Chef Alex Atala, que se manteve duplamente estrelado no Guia Michelin.

Na categoria Bib Gourmand – de estabelecimentos selecionados por sua excelente relação qualidade/preço -, fazem sua estreia este ano o Fitó, sob o comando de Cafira Foz; Piccolo, liderado por Marcelo Laskani e Maurício Milani ; Petí Panamericana, do chef Victor Dimitrow ; e Bio, nova casa de Alex Atala, que traz os chefs  Raul Godoy e Platinni Vieira à frente da cozinha

Conheça alguns dos premiados do

Guia Michelin 2018

Belmond Copacabana Palace

Em São Paulo, o restaurante do Belmond Copacabana Palace – comandado há três anos pelo chef Kazuo Harada – manteve a almejada estrela do Guia Michelin, concedida pela primeira vez em 2015.

“Manter a estrela pelo quarto ano consecutivo mostra que estamos no caminho certo e deixa a nossa equipe ainda mais motivada para seguir fazendo um trabalho de qualidade. No MEE, estamos sempre em uma busca incansável em oferecer o melhor aos nossos clientes; é isso que nos move diariamente. Da escolha de cada ingrediente à apresentação dos nossos pratos, o intuito é proporcionar uma experiência única e surpreendente no MEE. Queremos sempre ir além”, conta o chef Kazuo Harada.

O Cardápio

O menu do MEE é uma verdadeira viagem pela gastronomia asiática, com opções de pratos da cozinha tailandesa, coreana, vietnamita, chinesa e japonesa. Um dos destaques da casa é o menu Meechelin. Com nome em homenagem ao importante guia da gastronomia mundial, Kazuo prepara 11 pratos com maestria: alguns do sushi-bar, em que privilegia produtos frescos, pescados no dia, e também pratos quentes, típicos de diferentes regiões da Ásia. Para este ano, o chef já iniciou a criação das novas receitas que irão integrar a versão 2018 do menu Meechelin, com o objetivo de tornar a viagem gastronômica pela Ásia ainda mais exclusiva e saborosa.

Com uma carta de saquês que possui mais de 30 rótulos da tradicional bebida japonesa, no MEE é possível harmonizar os pratos criados por Kazuo com bebidas importadas do norte e sul do Japão, onde são encontradas as melhores águas. O menu de drinks do restaurante também acaba de ser reformulado pelo chef de bares do hotel, Rodrigo Mello, que utiliza ingredientes da gastronomia asiática para compor seus drinks. Alguns dos sucessos são o Asian Aperitif, que vem acompanhado com um sashimi e o Wasabi Sour, onde um dos ingredientes é o tempero japonês.

Palácio Tangará

Aberto em maio de 2017, o Tangará Jean-Georges oferece uma experiência única em seu espaço repleto de luz natural e vista para a vegetação tropical do parque Burle Marx, a noite seu ambiente torna-se mais discreto e romântico. O projeto arquitetônico foi assinado pelo escritório Anastassiadis Arquitetos.

O prêmio de uma estrela Michelin para o Tangará Jean-Georges representa um marco na nossa história e reforça nosso compromisso em oferecer os melhores serviços e uma culinária de excelência, que explora ingredientes locais” diz Celso David do Valle, Diretor Geral do Palácio Tangará; “Nos coloca definitivamente na rota dos mais exigentes apreciadores e conhecedores de gastronomia” finaliza o executivo.

O Menu do Tangará

Sob o comando do internacionalmente renomado chef e restaurateur Jean-Georges Vongerichten, o Tangará Jean-Georges traz em seu menu especialidades inspiradas na riqueza da culinária asiática, uma forte influência nas criações de Jean-Georges, com fusões da culinária brasileira e seus ingredientes tropicais. Entre os destaques das receitas executadas pelo chef Felipe Rodrigues, que adquiriu vasta experiência na gastronomia contemporânea mundo afora, estão o sushi crocante de salmão, robalo com especiarias e o carré de cordeiro.

 

 

 

Carolina Figueiredo
Carolina Figueiredo
Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *