Nutrição – Pirâmide dos Alimentos

Risotos!
4 de novembro de 2008
Mercado Municipal de Curitiba – Geral
7 de novembro de 2008
Mostrar todos

 

A escolha dos Alimentos 

images-13

O que comer; quanto comer; faz bem ou faz mal? Se formos pensar bem, as respostas se tornam difíceis, além daqueles outros empecilhos do tipo: hábitos, preferências, custos, disponibilidade dos alimentos, e por aí vai… 

Para quem quer se alimentar de maneira saudável e equilibrada, mas também de maneira prática e sem rodeios, a idéia da Pirâmide dos Alimentos é bem interessante. Ela foi criada como uma forma ilustrativa, substituindo a Roda dos Alimentos, a qual não se podia visualizar as proporções dos grupos alimentares.

images-131

Na Pirâmide dos Alimentos, isto fica bem claro: o que está na base da Pirâmide é o que devemos comer em maior quantidade, enquanto que no topo estão os alimentos que devemos ingerir esporadicamente.

Nós escolhemos o que queremos comer, respeitando apenas o número de porções diárias de cada Grupo Alimentar. A Pirâmide dos Alimentos pode ser utilizada tanto por crianças como por adultos, desde que possam se alimentar normalmente, sem restrições. Claro que as porções são diferentes para as diversas faixas etárias.

O número de porções descritos abaixo vai ser maior ou menor, de acordo com a idade e situação de cada um. Lógico que um atleta, uma gestante ou um adolescente, por exemplo, terão diferentes necessidades.

Vejam só, da Base para o Topo:

 

Grupo dos Pães, Cerais, Arroz e Massas: 5 a 11 porções

Grupo dos Vegetais: 2 a 5 porções

Grupo das Frutas: 2 a 4 porções

Grupo do Leite e derivados: 2 a 3 porções

Grupo das Carnes, Aves, Peixes, Ovos, Feijões: 2 a 3 porções (150 a 200 g)

Gorduras, Óleos e Açucares: Algumas gorduras já presentes nos alimentos, Os demais não precisam ser diários.

 

Até aí, tudo bem… Mas, como nada é assim tão fácil, surgem complicações… Por exemplo: “O que é uma Porção” ou “Minha Porção não é igual à sua“…

É claro que as porções foram definidas com base em pesquisas; o que a maioria das pessoas usava como Uma Porção, para ninguém sair por aí carregando sua balancinha e pesando tudo o que come…

Ah, também não vamos esquecer de uma coisa: o exercício físico deve acompanhar a Pirâmide dos Alimentos. Não é necessário exagerar, apenas seguir uma programação semanal de Atividade Física.

Muito obrigado e até a próxima!

               Maria Alice Maciel – Nutricionista

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

0 Comentários

  1. Priscilla disse:

    A MªAlice e D+ a Melhor de Todas!!!

  2. Priscilla disse:

    Obs: A melhor Nutricionista.

    Desde Já Grata,

    Ass:Prisilda

  3. Luciano disse:

    sim! falou, falou, e por fim não respondeu o que é uma porção. Logo não me serviu de nada este artigo, nada me acrescentou. Afinal como vou saber o que é uma porção???????
    Tudo o mais já estou careca de saber!!!

  4. Luciano disse:

    O comentário número 3 acima é meu… quero retificar minha grosseria no comentário que fiz!
    As informações dadas neste pequeno artigo têm sua utilidade para leitores diversos, logo peço que se desconsidere o comentário anterior.
    Apenas, ainda não ficou claro para mim o que é porção em nutrição! Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.