Pra quem não tem muito tempo para viagens longas, sem falar da parte da pandemia, é claro, as viagens “bate e volta” e as diversas opções de “day use” de hotéis, pousadas e parques acaba sendo uma alternativa pra sair da rotina.

Viagens curtas tem a vantagem também que não precisam de longas listas de organização e não demandam muito tempo de antecedência para se programarem.

Por aqui, mesmo antes da pandemia, as viagens curtas sempre foram nosso bálsamo no meio da rotina, e resolvi dividir com vocês 6 itens que sempre carrego comigo justamente pra não passar aperto ou por serem itens multiuso:

1. Álcool em Gel

Sim, a gente não pode descuidar e também porque se você vai em um banheiro de parada de estrada, por mais que a gente lave a mão eu sempre fico pensando minhocas, e pra evitar minhocas? álcool em gel.

Repelentes! principalmente se você for para lugares com mata. Eu não tenho alergia e raramente sou picada, mas já me aconteceu também de ir para um lago e me sentir a única humana no planeta de tantos mosquitos me atormentando!

2. Lenços Umedecidos

Quem já foi mãe ou pai, já sabe que ter lenços umedecidos na bolsa é fundamental. Quando minha filha era pequena, o nosso preferido aqui é o lenço umedecido Huggies.

Quem ainda não tem filhos, descobre no lencinho o mesmo que eu já faço tem tempo: vira limpa mãos, limpa vidros, limpa tela do celular, serve até pra limpar o rosto se o lanche no carro acabar sujando. Limpa as mãos de gordura. Sim, você vai achar muitas utilidades pra ele numa viagem rápida.

3. Lanches práticos

Não dá pra cair na estrada sem umas opções de lanches rápidos na bolsa. A gente nunca sabe quando vai ficar parado na estrada por horas, e é importante saber que mesmo em viagens curtas a gente pode precisar deles.

E mesmo se a ideia for ir até um parque, um rio ou algo parecido, nem sempre há opções de lanches no local.

Considere bolachas salgadas, algumas frutas (mas dê preferência por aquelas que não precisem ser descascadas ou já leve em porções que sejam fáceis de comer).

Água é fundamental, e ter um cooler ou isopor no carro é um plus. Vale também aquelas bolsinhas térmicas.

4.Uma outra estação

O clima anda bem rebelde ultimamente por aqui, então não dá pra apostar todas as fichas no calor, nem no frio.

Mas, pensando de maneira geral, se o dia estiver quente, lembre de um casaco ou se o dia começar friozinho, não custa ter uma camiseta e uma bermuda no carro.

Nada pior que o passeio ficar sem graça porque estamos derretendo ou congelando com a roupa que escolhemos. O mesmo vale para calçados.

5. Esteiras, toalhas e panos

Só eu sei quantas vezes eu queria sentar pra admirar uma paisagem, um por do sol, mas o lugar não ia dar certo e eu ia acabar sujando o carro na hora de voltar.

Eu sempre tenho uma esteira de praia, dessas que a gente enrola e deixa num cantinho do carro.

Mas vale aquela canga que você não usa mais e também aquela toalha de praia também.

A toalha de praia tem a vantagem que você pode usar pra se secar, se pegar uma chuva no caminho ou até mesmo se curtir uma água.

6. Carregador portátil

Já me aconteceu de viajar, tirar mil fotos, fazer mil vídeos e ficar sem bateria para o GPS na volta.

Tive que parar o carro em um posto pra recarregar o celular pra conseguir continuar a viagem.

Ter um carregador portátil ou até mesmo aquele adaptador pra recarregar o celular no carro é muito importante hoje em dia.

Sem falar se você precisar de socorro ou até mesmo ficar preso em um engarrafamento e quiser se distrair jogando no celular.

Essas foram as “top 6” da minha lista e as suas quais são? conta aqui pra gente!

Carolina Figueiredo

Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

Deixe uma resposta