Começo meu texto dizendo uma coisa para vocês: não falar sobre o Sina no Oba Gastronomia seria uma tremenda injustiça. Demoramos muito pra ir visitar a casa, a gente já poderia ter falado deles antes, com certeza.

Mas porquê eu estou dizendo isso? O Sina Fast Casual Burguers conseguiu um equilíbrio raro hoje em dia: bom prato, por preço justo e atendimento excepcional. E fomos visitar a casa numa sexta feira, numa rara noite quente aqui em Curitiba!

A casa tem um cardápio enxuto, mas muito bem equilibrado, agrada diversos paladares sem muita dificuldade. Para nossa “estréia” no cardápio da Sina, experimentamos o Gorgonzola (hambúrguer 180g, molho de gorgonzola e nozes) e o Mexicano ( hambúrguer 180g, queijo cheddar, sour cream, jalapeño e tortilhas crocantes). Cada um custa R$ 18 reais. A casa ainda tem outros 7 sabores: PCQ, Clássico, Crispy, Mostarda & Mel, Bacon, Cogumelo e BBQ. Tem também uma opção Kids.

A casa também tem todo mês um sanduíche em destaque, para o mês de outubro eles criaram o Spicy, que deveria muito ter uma chance e ficar no cardápio da casa!

E pelo movimento no balcão, não fui só eu que me apaixonei por esse sanduba com onion rings, molho picante e queijo cheddar

 

Fritas são opcionais, experimentamos as fritas e também a opção de chips de batata doce. Achei que as fritas iam ganhar mais pontos porque não é qualquer lugar que faz um bom chips, ainda mais de batata doce. Deixo aqui minha recomendação: experimente! é muito boa, super sequinha. Para ambos você pode escolher o tempero.

Como o nome diz, a casa tem essa filosofia super informal, você vai até o balcão, faz seu pedido, eles chamam seu nome e você escolhe uma mesa. Com isso a casa reduz custos com garçons e taxas de serviço mas compensa entregando uma comida de excelente qualidade.

No dia que visitamos, conhecemos o Jacob, que é o proprietário do estabelecimento, ele esbanjou simpatia e conhecimento do negócio, explicou que a proposta da casa é low services  como outras casas que estão começando a aparecer no mercado, porém eles primam por escolha de ingredientes de qualidade, hamburguers somente com carne fresca e até os pães dos sanduíches são produzidos na casa.

Ele também nos levou pra conhecer o pessoal da cozinha (sim, a cozinha tem vidro pra você poder espiar a produção do seu sanduba). A cozinha, mesmo no auge do movimento, consegue entregar os pedidos super caprichados e sem gargalos. Todos são muito simpáticos e isso claramente reflete no clima do lugar.

E aqui um ponto interessante da casa: ela é democrática. Encontramos todo perfil de cliente: famílias, adolescentes, casais jovens e casais maduros. Aquele cliente que saiu do escritório e ainda nem tirou a gravata e aquele que chegou de bermudão. Todo mundo se sentindo muito à vontade.

E, se você é daqueles que mesmo depois de um sandubão, ainda tem espaço pra uma sobremesa, olha isso aqui:

Cookies recheados com nutela, quentinho, fresquinho, direto da cozinha pra você! Não tem como não achar uma delícia, e vocês sabem muito bem que não sou do tipo formiga!

A Sina tem outro detalhe interessante, tem um mural com fotos dos clientes que experimentaram todos os sanduíches do cardápio. Já tem muita gente lá, e eu gostei tanto dos sandubas, que acho que em breve, vocês verão a minha foto por lá também.

Depois quero que me contem qual é o preferido de vocês.

Carolina Figueiredo

Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

Este post tem um comentário

  1. Fico feliz que gostaram.
    O convite fica agora para o hambúrguer do mês.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu