Inovini Road Show – Curitiba

Mise en Place – Ju Alcantara
23 de junho de 2016
Tutu de Feijão com Escarola e Bacon – Mineiro de Santa Felicidade
24 de junho de 2016
Mostrar todos
Sala dos Chilenos, Sul Africanos e Australianos.

Sala dos Chilenos, Sul Africanos e Australianos.

Nesta terça, dia 21, tivemos a oportunidade de comparecer ao Inovini Road Show, realizado na conceituada Adega Brasil.

Divididos entre os dois andares da casa, cada vinícola mandou seu representante para termos acesso a maiores informações sobre cada um dos rótulos disponíveis para degustação. No primeiro andar ficaram os vinhos Chilenos, Australianos e Sul Africanos.

 

Sala dos Chilenos, Sul Africanos e Australianos.

Sala dos Chilenos, Sul Africanos e Australianos.

Os Chilenos

Undurraga - Inovini 2016

Undurraga – Inovini 2016

 

Começamos o tour pela interessantíssima Undurraga, que sem saber ia ganhar minha recomendação com o melhor vinho branco da noite. Mas também com um Carmenére muito agradável ao paladar. A Undurraga é uma vinícola chilena com longa tradição, desde 1885, começou pelo Valle del Maipo e foi se estendendo por outras 4 regiões do país.

Dos rótulos disponíveis, recomendo sem pensar duas vezes o delicioso TH Chardonay. A linha TH (Terroir Hunter) é uma seleção de origem controlada, com pouquíssimas garrafas produzidas. Outro rótulo que mereceu nossa atenção foi o Sibaris Carmenére tem um paladar marcantes e com certeza é um daqueles para momentos especiais. A linha Sibaris é voltada para os amantes de vinhos, que buscam harmonizar o vinho com uma boa refeição.

TH Sauvignon Blanc Lo Abarca

TH Sauvignon Blanc Lo Abarca

Do Chile também, a vinícola Los Vascos trouxe uma excelente seleção, com sabores muito interessantes!

Los Vascos - Le Dix

Los Vascos – Le Dix

Stand do Los Vascos

Stand do Los Vascos

O Le Dix de Los Vascos combina a intensidade da fruta chilena com a elegância da mão francesa. Produzido com uvas de Colchagua, região excepcional para o cultivo de tintas com longo ciclo de amadurecimento. A Cabernet Sauvignon que compõe a maior parte do blend provém de uma parcela do vinhedo cujas plantas têm cerca de 70 anos. A cor e o aroma desse vinho são maravilhosos e o sabor é muito agradável e marcante.

O Grande Réserve de Los Vascos é um tinto refinado, complexo e com certa capacidade de guarda.Produzido com uvas de Colchagua, região excepcional para o cultivo de tintas com longo ciclo de amadurecimento. A maior parte da Cabernet provém de uma parcela do vinhedo cujas plantas têm cerca de 70 anos.

Juan Pablo Mozó da Vinícola Los Vascos

Juan Pablo Mozó da Vinícola Los Vascos

No segundo andar da casa ficaram os vinhos Italianos, Argentinos e Espanhóis. Consequentemente a sala foi a mais movimentada e disputada entre os participantes do evento. Realmente conseguir escolher por onde começar estava complicado, mas do andar superior escolhi dois destaques.

DSCN3081

Os Italianos

Os italianos também marcaram presença e o destaque da noite foram o Corte Giara Pinot Grigio e Poggio al Tesoro Mediterra.

A linha de vinhos Corte Gira foi lançada pela família Allegrini no ano de 1989. Seu conceito e estilo é moderno-jovial com apelo internacional. Seu objetivo é produzir vinhos para o consumo cotidiano, que respeitem as tradições e identidade venetas e entreguem muita fruta,perfumes, maciez, diversão e prazer ao consumidor. O Corte Giara Pinot Grigio tem um sabor muito agradável e realmente cumpre a promessa de ser um bom vinho para acompanhar o dia-a-dia dos amantes de um bom vinho.

O Mediterra foi um dos destaques italianos, além da nossa preferência, a maioria das pessoas com que tivemos a oportunidade de conversar também escolheram este como o destaque entre os italianos da Alegrini. O Mediterra é produzido com uvas de uma parcela de 8 hectares do vinhedo Le Sondraie (25msnm.), localizado em Bolgheri. O solo é profundo, arenoso, com cascalho, argila e alta presença de magnésio e ferro; e as vinhas têm idade média de 9 anos. Sobre o Mediterra 2010, Antonio Galloni escreveu na Wine Advocate/Robert Parker #201: “Ao longo das últimas safras, o Mediterra vem reivindicando o posto de um dos melhores custos-benefícios da Maremma e de toda a Toscana.”

stand super disputado da Allegrini

stand super disputado da Allegrini

Os Argentinos

Para nós o destaque da noite ficou por conta da novata Doña Paula, sua história na Argentina é recente, iniciando suas atividades no final dos anos 90, mas já demonstra excelente capacidade técnica e trouxe para a noite o melhor mix.

Já em 2004, o “Estilo Doña Paula” de fruta fresca, concentração e complexidade foi reconhecido pela crítica especializada da Europa e EUA e a Doña Paul a foi eleita a “ Marca mais valiosa do ano” pela revista Wine & Spirits

O Doña Paula Estate Malbec 2012 é produzido com uvas das Fincas Alluvia em Gualtallary (1. 350 ms nm. em Tupungato, Vale de Uco) e Los Indios em Altamira (1. 150 msnm. em San Carlos, Vale de Uco). Ambas as Fincas estão localizadas em terroirs de clima frio, solos pobres, pedregosos e minerais do Vale de Uco.

Isso sem falar do fato de ser obtido através de colheita manual; e ter sido premiado seguidamente em 2011, 2012 e 2013, fazendo deste Malbec um dos mais interessantes servidos na noite. Entre os participantes também foi eleito um dos mais importantes representante da categoria dos Malbecs.

O Doña Paula Estate Riesling 2013 é produzido com uvas da Finca Alluvia, localizada a 1.350 msnm. no distrito de Gualtallary, emTupungato, Vale de Uco. As vides de Riesling da Finca Alluvia estão plantadas em solo arenoso
na superfície e com pedras aluviais e calcárias no subsolo. O clima no Vale de Uco apresenta dias quentes e noites frescas, com uma amplitude térmica de 13°C. É uma das novidades do porfólio da vinícola, de sabor fascinante, daqueles agradáveis de beber.

O interessante desse evento é a possibilidade de conhecer os donos e experts dos vinhedos, todos muito simpáticos, agradáveis e interessados em divulgar a região onde estão as vinícolas bem como oferecendo a oportunidade de conhecer mais do processo de produção de cada vinho. A noite teve uma excelente mesa de frios e antepastos para acompanhar muito bem todos os vinhos feitos pela Mabel França.

E é claro que eu tirei fotos com meus expositores preferidos, o querido Marcos Fernandez e seu secretário Luiz Alejandro Perez. Ambos se esmeraram em nos dar todas as explicações e esbanjaram conhecimento e simpatia.

Marcos Fernandez, Carolina Figueiredo e Luiz Alejandro Perez

Marcos Fernandez, Carolina Figueiredo e Luiz Alejandro Perez

É um evento para comparecer novamente, muito bem organizado e uma das melhores seleções de vinhos que já pudemos experimentar em uma única noite.

 

 

 

Print Friendly, PDF & Email
Carolina Figueiredo
Carolina Figueiredo
Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

1 Comentário

  1. […] participamos da edição do Road Show da Inovini em 2016 e foi muito bom, tanto pela oportunidade de conversarmos diretamente com os produtores, como a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.